Início > Notícias > 30 horas e COSATS em pauta na UFCSPA
30 horas e COSATS em pauta na UFCSPA

A Assufrgs se reuniu na tarde da última segunda-feira, 12, com as pró-reitoras da UFCSPA Liane Nanci Rotta e Daisi Cristina Gollo Marques Vidor. A discussão se deu prioritariamente na regulamentação das 30 horas e das Comissões de Saúde e Ambiente de Trabalho (COSATS). Na reunião, também foram colocadas as questões relativas à sala em conjunto da [...]

A Assufrgs se reuniu na tarde da última segunda-feira, 12, com as pró-reitoras da UFCSPA Liane Nanci Rotta e Daisi Cristina Gollo Marques Vidor. A discussão se deu prioritariamente na regulamentação das 30 horas e das Comissões de Saúde e Ambiente de Trabalho (COSATS). Na reunião, também foram colocadas as questões relativas à sala em conjunto da Assufrgs/Cis; pontos do plano de metas da UFCSPA; incentivos para a participação dos TAES em comissões; incentivo a qualificação dos servidores; a implementação do resultado da pesquisa CPA; e as verbas para os exames periódicos que não são usadas.

As pró-reitoras da Universidade informaram que em relação à regulamentação das 30 horas e as COSATS, irão estudar a possibilidade de tais e nos dar um retorno. Mas, adiantou que em relação as 30h seria muito difícil, pois com a transformação da UFCSPA em Universidade, sofrem com a falta de servidores para dar conta da demanda.

A UFCSPA se comprometeu em aumentar a representação no CONSUN, e afirmou que isso já está em estudo, apresentando uma proposta em breve. A pró-reitoria confirmou a instalação de computadores e ar condicionados na estrutura física do local para melhoria das condições de trabalho e atendimento à comunidade.

A instituição também informou que já tiveram reuniões com o RH da UFRGS para estudar a possibilidade de criação de convênio para a qualificação dos servidores. Por último, sobre o espaço físico, informaram que estão com enormes dificuldade nessa questão. Segundo a UFCSPA, as próprias Pró-reitorias estão ainda se instalando. Mas, garantiriam espaços para reuniões previamente agendadas e um armário para os processos e documentação da CIS, que se encontram dispersos devido a ausência de uma sala específica para atuação da mesma. Para a UFCSPA o processo de expansão da universidade continua, e eles preveem novos espaços físicos, um deles seria para a convivência da comunidade, onde estaria um espaço para Assufrgs/CIS/Adurgs. 

Este post ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Veja também