Início > Notícias > Assembleia: bloqueio no MPOG força o governo a receber grevistas
Assembleia: bloqueio no MPOG força o governo a receber grevistas

Caravaneiros realizaram informe da ocupação do MPOG, que forçou o governo a receber os grevistas e abre possibilidade de agenda de negociações.

Os servidores em greve da UFRGS, UFCSPA e IFRS-POA realizaram reunião do Comando Local de Greve, na manhã desta quinta-feira (8), e Assembleia de Greve, à tarde, na sala 101 da FACED.

Os caravaneiros foram saudados na assembleia pelos servidores em greve que permaneceram em Porto Alegre, pelo enfrentamento que fizeram ao governo nesta semana em Brasília. Os servidores junto ao SINASEFE trancaram o MPOG forçando o governo receber os grevistas, e discutir negociação efetiva com os TAES. Os caravaneiros da UFRGS, UFCSPA e IFRS-POA estiveram presentes no trancamento de três portas do MPOG, junto aos demais companheiros de todo o país – que fecharam as entradas térreas e no subsolo, e impediram o funcionamento do MPOG até que os grevistas fossem recebidos.

 A FASUBRA e o SINASEFE, então, foram recebidos pelos Secretários do MPOG e MEC, Sérgio Mendonça e Paulo Speller. Na reunião, o governo reiterou a proposta apresentada em março, enquanto a FASUBRA se posicionou afirmando que as medidas até então apresentadas pelo governo são insuficientes frente às reivindicações dos TAES. O governo mostrou intransigência para a negociação, afirmando que o mesmo não tem mais margem para tal. 

O movimento arrancou um prazo de 15 dias, apresentado pelos Secretários, que irão dar retorno sobre a possibilidade de abrir uma agenda de negociações quanto às reivindicações do TAES.

 Encaminhamentos da Assembleia de Greve:

a) Construção, através do CLG e CNG, de nova caravana a Brasília, com a finalidade de pressionar o governo para que atenda as reivindicações do movimento
b) utilização do barracão de greve para debates sobre temas de interesse do movimento
c) realização de atos de rua para os próximos 15 dias
d) encaminhar, através do CLG e CNG, a realização de audiência pública com Senador Paulo Paim
Foram aprovados também a manutenção dos delegados ao CNG Marcos Vinícius, João Batista e Delma Boff; e a continuidade da greve.

A Assembleia, ainda, contou com a participação dos estudantes de direito da UFRGS, que realizaram saudação ao movimento grevista e relataram a ocupação desde segunda-feira da Faculdade de Direito da UFRGS. Os estudantes questionam o concurso para a Faculdade de Direito de Direito Penal e Criminologia, apontando diversos indícios quanto à falta de lisura no processo.

 

Os grevistas, aprovaram em assembleia o calendário da próxima semana, também discutido em reunião do Comando Local de Greve.

Acompanhe abaixo as próximas ações do movimento grevista da UFRGS, UFCSPA e IFRS-POA:

 

Um comentário para "Assembleia: bloqueio no MPOG força o governo a receber grevistas"

  1. Eugenio, o Ogro, OFS maio 12th, 2014 12:33 pm Responder

    Paz e bem!
    .
    Sem informação sobre
    quantos estavam presentes à AG,
    por que será?

Deixe seu comentário

Veja também