Início > Notícias > ASSUFRGS promove Mesa de Comunicações no Dia Internacional da Mulher 08 de março
ASSUFRGS promove Mesa de Comunicações no Dia Internacional da Mulher 08 de março

Ao final do evento, todos rumo à concentração no Largo Glênio Peres, integrando-se à atividade nacional sobre o Dia Internacional da Mulher.

A Coordenação de Educação Política e Sindical em parceria com a Coordenação de cultura, Esporte e Lazer da ASSUFRGS convida os associados e a todos os interessados para participar da Mesa de Comunicações, com o tema “Mulheres, homens e o Feminismo”, que irá acontecer, no Dia Internacional da Mulher, dia 08 de março, quinta-feira, na sala: 101, da FACED, às 14h, próximo a reitoria da UFRGS. Horário: 14 horas Mesa [...]

Horário: 14 horas

Mesa de Comunicações – Tema: “Mulheres, homens e o Feminismo”

Comunicação 1 – O 8 de março e os 80 anos da conquista do voto feminino – Mônica Karawejczyk – Doutoranda em História – UFRGS

Comunicação 2“Homens e o Feminismo” – Diego Rafael Hoch de Menezes – Licenciado em Ciências Sociais – UFRGS – Gestor do Projeto “Mulheres da Paz”, Canoas.

Pocket show musical -  Didi Ferraz (voz e violão) – músico e arranjador apresenta MPB e música negra brasileira

E depois ao final do evento, todos  rumo à concentração no Largo Glênio Peres, integrando-se à atividade nacional sobre o Dia Internacional da Mulher.

2 comentários para "ASSUFRGS promove Mesa de Comunicações no Dia Internacional da Mulher 08 de março"

  1. Jacira Gil Bernardes março 7th, 2012 01:25 am Responder

    Parabéns pela inicativa

  2. Igor Corrêa Pereira março 8th, 2012 13:46 pm Responder

    Parabéns por falar de homens no dia das mulheres.

    Pode parecer estranho, mas tem algumas visões feministas que excluem os homens do debate.

    Isso é machismo ao contrário.

    A luta contra a discriminação das mulheres deve envolver mulheres e homens, porque é uma luta de classe, da classe trabalhadora que só se emancipará combatendo toda a forma de dsicriminação.

    O capitalismo se alimenta do machismo para explorar. As trabalhadoras assalariadas ainda recebem salários inferiores a homens para fazer o mesmo trabalho que eles. Para as mulheres negras, a situação é ainda mais favorável.

    Mulheres e homens devem se unir contra a discriminação, contra o assédio moral, pelo empoderamento das mulheres. Lugar de mulher é na política e em todos os espaços, nos cargos de chefia inclusive.

    Parabéns e boa luta!

Deixe seu comentário

Veja também