Início > Notícias > BC aumenta projeções para inflação oficial este ano e em 2011
BC aumenta projeções para inflação oficial este ano e em 2011

Brasília – O Banco Central (BC) elevou a projeção para a inflação oficial este ano. A estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu de 4,6% para 5,2%. Para 2011, a projeção passou de 4,6% para 4,9%. A expectativa para a inflação acumulada em 12 meses encerrados no primeiro trimestre de 2012 [...]

Brasília – O Banco Central (BC) elevou a projeção para a inflação oficial este ano. A estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu de 4,6% para 5,2%. Para 2011, a projeção passou de 4,6% para 4,9%. A expectativa para a inflação acumulada em 12 meses encerrados no primeiro trimestre de 2012 é de 5,1%. As informações constam do Relatório Trimestral de Inflação, divulgado hoje (31) pelo BC.

Essas projeções são feitas com base no cenário de referência, que supõe que a taxa básica de juros, Selic, será mantida em 8,75% ao ano durante o horizonte de previsão, e o dólar permanecerá cotado em R$ 1,80.

No relatório há ainda o cenário de mercado, que utiliza as trajetórias para a Selic e para o câmbio que constam da pesquisa com analistas independentes. Neste cenário, a previsão para o IPCA em 2010 também é de 5,2%, 0,7 ponto percentual maior do que o valor projetado no último relatório.

No cenário de mercado, para 2011, o relatório diz que “projeções para a inflação acumulada em 12 meses flutuam em patamares sensivelmente superiores à meta ao longo de 2010, e recuam no primeiro e no segundo trimestres de 2011, encerrando o ano em 4,4%”. O centro da meta de inflação é de 4,5%, com margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Ainda no cenário de mercado, a probabilidade estimada de a inflação ultrapassar o limite superior do intervalo de tolerância da meta em 2010 (6,5%) é de 10%. Para 2011, essa probabilidade chega a 16%.

Kelly Oliveira
Agência Brasil

Veja também