Início > Notícias > Caravanas em Brasília para impedir votação da Ação da EBSERH na Comissão Especial hoje
Caravanas em Brasília para impedir votação da Ação da EBSERH na Comissão Especial hoje

O COMANDO NACIONAL DE GREVE  (CNG) em reunião no dia 08 de setembro, decidiu por reforçar a importância da realização das caravanas de TAE´s que devem vir para Brasília, para mobilização no sentido de barrar a aprovação do relatório do PL 1749/2011, que estabelece a criação da Empresa Brasileira de Serviços hospitalares – EBSERH. A [...]

O COMANDO NACIONAL DE GREVE  (CNG) em reunião no dia 08 de setembro, decidiu por reforçar a importância da realização das caravanas de TAE´s que devem vir para Brasília, para mobilização no sentido de barrar a aprovação do relatório do PL 1749/2011, que estabelece a criação da Empresa Brasileira de Serviços hospitalares – EBSERH.

A reunião da Comissão Especial que analisa o PL, será hoje dia  13 de setembro, e a orientação do CNG é para que as caravanas venham preparadas para acompanhar os trabalhos na Câmara dos Deputados durante todo o dia. Na semana passada, em uma ação vitoriosa membros do CNG conseguiram barrar a votação na Comissão Especial, e a expectativa é de que o mesmo ocorra agora.
Para a FASUBRA, que desde o início do ano luta contra a criação da empresa, o projeto representa uma tentativa de privatização dos hospitais universitários, embutida em uma lógica de mercado que irá prejudicar tanto o atendimento às populações mais carentes que dependem desses hospitais, quanto uma afronta ao princípio da autonomia universitária que ficará prejudicado, principalmente no trinômio educação/pesquisa/extensão.
Outra ação do Comando, foi a de solicitar audiências aos presidentes da Câmara, deputado Marco Maia, e do senado, José Sarney, para tratar do assunto. Até que as agendas estejam fechadas, o CNG pretende concentrar as atividades no Congresso Nacional, percorrendo os gabinetes dos parlamentares, pedindo apoio contra o PL 1749/90.
Outras deliberações do CNG foram solicitar que a Assessoria Jurídica providencie um parecer sobre o PL 2203/2011, retomar as negociações com o MEC acerca da pauta específica, e denunciar à organização Internacional do Trabalho, a forma com que o Governo Federal tratou a greve da categoria.

Fonte e foto: FASUBRA Sindical

Veja também