Início > Notícias > Centrais entregam reivindicações dos trabalhadores ao Congresso no dia 14 de fevereiro
Centrais entregam reivindicações dos trabalhadores ao Congresso no dia 14 de fevereiro

Centrais entregam reivindicações dos trabalhadores ao Congresso no dia 14 de fevereiro

Os textos das Convenções 151 e 158 da OIT devem ser entregues oficialmente para ratificação ao Congresso Nacional no próximo dia 14 de fevereiro, em ato político com a presença das centrais sindicais e, como representantes do governo federal, dos ministros Luiz Dulci, da Secretaria Especial da Presidência, e Carlos Lupi, do Trabalho.

Já foi solicitada audiência com o deputado Arlindo Chinaglia (PT/SP), presidente da Câmara, e com Garibaldi Alves Filho (PMDB/RN), presidente do Senado. O anúncio da iniciativa ocorreu na quarta-feira (30), após reunião das centrais com o ministro Luiz Dulci.

Momento histórico

O ato político de entrega das convenções para ratificação deve ser realizado com o maior número possível de militantes e dirigentes sindicais cutistas, na opinião da vice-presidente da CUT, Carmem Helena Foro.

"Como conquista importante que é, a entrega das convenções precisa estar acompanhada de uma grande visibilidade social, sem timidez. Nosso desafio é marcar este momento com uma grande delegação da CUT e, com isso, divulgarmos uma vez mais a importância da 151 e da 158", afirma Carmem, que esteve presente à reunião com Dulci.

A Convenção 151 da OIT garante, como política de Estado, a negociação coletiva no setor público. A 158, também em caráter oficial, acaba com o instrumento da demissão sem justa causa e restringe a rotatividade da mão-de-obra, hoje largamente utilizada.

Na audiência com as centrais, Dulci informou que há expectativa pela votação do PL que reconhece as centrais sindicais até o dia 20 de fevereiro, se até lá as sete MP`s que trancam a pauta forem resolvidas.

Fonte: Diap

Veja também