Início > Notícias > Coletânea sobre a ditadura no Rio Grande do Sul será lançada no dia 27 durante o FSM 10 Anos
Coletânea sobre a ditadura no Rio Grande do Sul será lançada no dia 27 durante o FSM 10 Anos

A obra é composta por quatro livros e reúne 40 autores A Assembleia Legislativa lança, no próximo dia 27, às 19h, dentro da programação do Fórum Social Mundial 10 Anos, a coletânea A Ditadura de Segurança Nacional no Rio Grande do Sul (1964-1985): História e Memória, elaborada em parceria com a Universidade Federal do Rio [...]

A obra é composta por quatro livros e reúne 40 autores

A Assembleia Legislativa lança, no próximo dia 27, às 19h, dentro da programação do Fórum Social Mundial 10 Anos, a coletânea A Ditadura de Segurança Nacional no Rio Grande do Sul (1964-1985): História e Memória, elaborada em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul.. O primeiro volume é intitulado Da Campanha da Legalidade ao Golpe de 1964. O segundo, Repressão e Resistência nos Anos de Chumbo. O terceiro volume chama-se Conexão Repressiva e Operação Condor e o quarto, O Fim da Ditadura e o Processo de Redemocratização. O prefácio da coletânea é assinado pelo escritor Luis Fernando Verissimo. Durante a solenidade será feita uma homenagem póstuma ao jornalista João Aveline. O lançamento acontece no Vestíbulo Nobre. Logo após, haverá o Sarau Especial Vozes da Resistência pela Liberdade, no Teatro Dante Barone.

A coletânea reúne 40 autores, entre eles, Universindo Díaz, Luiz Claudio Cunha, Nilson Mariano, Rafael Guimaraens, Lícia Peres, Suzana Lisbôa, Flávia Schilling, Caroline Silveira Bauer, Christopher Goulart, Paulo Flores, Claudia Wasserman, Dante Guazzelli, Ignez Maria Serpa e João Gilberto Lucas Coelho.

O projeto é coordenado pela Escola do Legislativo Deputado Romildo Bolzan da Assembleia gaúcha e foi realizado em parceria com o Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – Departamento de História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A iniciativa surgiu a partir do evento que aconteceu em 31 de março e 1ª de abril de 2009 na Casa, ocasião em que se lembraram os 45 anos do Golpe Civil-Militar. Dentro das atividades foi exibido o documentário Jango, de Silvio Tendler, e promovido o seminário “45 Anos do Golpe de 64 – A Noite que Durou 21 Anos”, além do Grande Expediente Especial feito pelos deputados Adão Villaverde (PT), presidente da Escola do Legislativo, e Adroaldo Loureiro (PDT).

Construção da democracia
Na opinião do presidente do Parlamento, deputado Ivar Pavan (PT), a coletânea revela mais uma expressão do compromisso da Assembleia com a construção da democracia. Para Villaverde, os livros resgatam a história recente de nosso país que, durante cerca de duas décadas, conviveu com o período de terror da ditadura e com o processo fundamental de reconstrução da democracia, com uma riqueza de abordagem inédita. O diretor do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UFRGS, Temístocles Américo Corrêa Cezar, acredita que essa obra coletiva articula o resgate de memórias, oferecendo um panorama diverso, rico em lembranças, sensibilidades e experiências, escritas sob forte rigor científico.

O doutor Enrique Serra Padrós, professor do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação de História da UFRGS, e um dos organizadores, define o conjunto de artigos como um dos primeiros grandes esforços no sentido de se produzir conhecimento sobre o período no Rio Grande do Sul. “No plano historiográfico, chegamos a avançar, em alguns casos, no plano das reflexões e avaliações e, em outros, fazemos as primeiras avaliações, mas, apesar disso, o trabalho significa uma grande contribuição”, avalia. Ele explica que “faltam muitos depoimentos e depoentes diante das possibilidades concretas de organizar e publicar um material como este, assim como, certamente, será necessário um conjunto de correções e precisões sobre os conteúdos apresentados. Isso faz parte da produção do conhecimento histórico quando se parte de um estágio ainda muito inicial de conhecimento ou de fonte documental.”

Além de Padrós, são responsáveis pela organização a mestre em História Ananda Fernandes e as jornalistas Vânia Barbosa, diretora da Escola do Legislativo, e Vanessa Lopez, coordenadora de Publicações da Escola. “Esta coletânea conta com artigos científicos de especialistas no tema, textos testemunhais redigidos pelos próprios protagonistas e depoimentos orais obtidos por meio de entrevistas, transformados em fontes preciosas”, resume Vânia.

Programação
Durante a sessão de autógrafos, será apresentado um documentário realizado pela TV Assembleia sobre o Golpe Civil/Militar de 64. Ainda haverá o Sarau Especial Vozes da Resistência e da Liberdade, às 20h30, no Teatro Dante Barone, com as presenças de Raul Ellwanger, Leonardo Ribeiro, Ricardo Pacheco, Mário Falcão, Zé da Terreira e Nancy Araújo, Hector Rojas – Clave Sur (Chile), e os uruguaios Eduardo Solari, Sebastián Jantos e Daniel Drexler. O evento é gratuito e aberto à comunidade.

Veja também