Início > Notícias > Comando de Greve da FASUBRA participa de ato durante reunião do conselho de reitores das federais
Comando de Greve da FASUBRA participa de ato durante reunião do conselho de reitores das federais

Comando Nacional de Greve (CNG) da FASUBRA realizou atividade de mobilização em Brasília, Distrito Federal, por ocasião da abertura da reunião do Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES)

- Foto: Divulgação/ Fasubra

Na manhã da quinta-feira, dia 11 de junho, o Comando Nacional de Greve (CNG) da FASUBRA realizou atividade de mobilização em Brasília, Distrito Federal, por ocasião da abertura da reunião do Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES), entidade que congrega os reitores da universidades federais brasileiras.

Presentes à sede da entidade desde as 7h30, os manifestantes recepcionaram os reitores apresentando aos mesmos os motivos que levaram nossa Categoria a, novamente, entrar em greve. Os grevistas distribuíram nota pública em que explicavam o porquê do movimento paredista, bem como esclareciam a posição equivocada do Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, expressa em duas ocasiões, em que o mesmo acusou a Federação de articular uma greve, mesmo com o governo se dispondo a negociar. (Clique aqui para acessar a nota na íntegra – Informes de Greve Nº 04 – 10/06/2015 – CNG – NOTA PÚBLICA À IMPRENSA, AO PARLAMENTO E À SOCIEDADE.)

Participação na reunião

Representantes da FASUBRA e do ANDES participaram, durante a tarde, da reunião, oportunidade em que puderam expor para o pleno dos reitores a motivações da greve, como também solicitar aos dirigentes apoio às reivindicações das Categorias e por uma efetiva abertura no processo negocial com o governo. Foram apresentados, ainda, documentos comprobatórios de todas as tentativas de negociação protocoladas no MEC e MPOG, demonstrando a nossa efetiva disposição para o diálogo.

A FASUBRA e o ANDES ressaltaram, em suas intervenções, a importância de um posicionamento dos reitores na resistência aos cortes de recursos para a educação, visto que as instituições por eles dirigidas têm sido afetadas diretamente com o ajuste orçamentário. Reafirmou-se, ainda, a necessidade de um maior envolvimento dos dirigentes na luta em defesa da educação pública, como fundamental para a sobrevivência das universidades e a continuidade dos projetos em curso.

Por fim, a FASUBRA entregou ofício ao presidente da ANDIFES, professor Targino de Araújo Filho, solicitando apoio para a construção de um calendário de negociações junto ao MEC e MPOG. (Clique aqui para acessar a nota na íntegra Informes de Greve Nº 06 – 12/06/2015 – CNG – OFÍCIO ENVIADO A ANDIFES)

 

Este post ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Veja também