Início > Notícias > Comissão de Educação da Câmara aprova criação de 3.375 cargos nas Universidades Federais
Comissão de Educação da Câmara aprova criação de 3.375 cargos nas Universidades Federais

A comissão de Educação e Cultura da Câmara aprovou nesta quarta-feira (18) o Projeto de Lei 7215/06, que cria 2.300 cargos efetivos de professor universitário e 1.075 cargos efetivos de técnico-administrativo. Os novos cargos deverão ser destinados a instituições de ensino superior instaladas em 2005 e nos anos seguintes.

A comissão de Educação e Cultura da Câmara aprovou nesta quarta-feira (18) o Projeto de Lei 7215/06, que cria 2.300 cargos efetivos de professor universitário e 1.075 cargos efetivos de técnico-administrativo. Os novos cargos deverão ser destinados a instituições de ensino superior instaladas em 2005 e nos anos seguintes.

Para a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), o projeto consolida a instalação das universidades federais criadas pelo governo Lula, "ao contrário do governo tucano, que cortou concursos e reajustes e apostou todas as suas fichas no ensino privado, este projeto viabiliza de fato a ampliação do ensino superior em nosso país ao criar os cargos efetivos de professores e técnicos-administrativos nas universidades criadas no primeiro mandato do presidente Lula" destacou Alice.

O projeto foi criticado apenas pelo ex-ministro da Educação do governo FHC, Paulo Renato, que afirmou ter dúvidas se havia a necessidade de se aumentar o quadro de professores em 5%, pois o crescimento de estudantes matriculados foi de "apenas 1,5%". O ex-ministro e atual deputado federal por São Paulo apresentou voto em separado, onde tece críticas ao projeto, mas recomenda sua aprovação.

A matéria segue agora para as comissões de Trabalho, Finanças e Constituição e Justiça.

Fonte: Informe da Fasubra

Veja também