Início > Notícias > Coordenador da Assufrgs se solidariza com ocupação dos estudantes da UnB
Coordenador da Assufrgs se solidariza com ocupação dos estudantes da UnB

Coordenador da Assufrgs se solidariza com ocupação dos estudantes da UnB

O coordenador geral da Assufrgs Silvio Correa acompanhou uma delegação de participantes do Encontro Jurídico da Fasubra que foi levar sua solidariedade à ocupação dos estudantes da UnBna quarta-feira (9). Além de dirigentes, vários assessores jurídicos estiveram na atividade. Também encontravam-se em Brasília, representantes de Diretórios Acadêmicos de vários estados, inclusive o presidente do DCE-Ufrgs.

A ocupação completou 7 dias nesta quarta-feira (9). Ao meio-dia iniciou uma Assembléia Geral com mais de 600 estudantes para decidir se o movimento continuará, pois o reitor mandou cortar a luz e a água do prédio o que causou um acidente com um estudante na noite passada.

Segundo Sílvio, este movimento é um exemplo de quanto é importante a mobilização unificada dos estudantes e servidores que se posicionam contrários à corrupção e a privatização que estão ocorrendo nas Universidades Públicas através das Fundações de Apoio. E também que estão na luta pela participação paritária em todas as instâncias da Universidade. "Acredito sinceramente que este é um movimento que vai se tornar nacional devido à seriedade e o comprometimento com que está sendo levado na UnB", ressaltou Sílvio.

Veja a Nota do Movimento Estudantil Unificado sobre a ocupação da Reitoria

São de notório conhecimento público os escândalos que o ministério público e a imprensa têm trazido à tona nestes últimos meses envolvendo a reitoria e as fundações de direito privado da universidade de Brasília. São exemplos desses escândalos: a utilização de 470 mil reais para mobiliar com utensílios de luxo o apartamento funcional do reitor, o desvio de função na aplicação de verbas da ordem de 100 milhões de reais da Finatec, o desvio de recursos da Funsaúde e da Editora da UnB na ordem de 50 milhões e o abuso no uso dos cartões corporativos do qual a UnB é campeã.

Diante desses fatos, os estudantes realizaram atos, manifestações e assembléias gerais, completamente indignados com o clima de impunidade que se deu após a divulgação desses fatos. Hoje foi realizada Assembléia Geral dos Estudantes da UnB e em seguida uma passeata por toda a Universidade, que culminou na ocupação espontânea da Reitoria. Nesta Assembléia, que contou com a participação de centenas de alunos, foram reivindicados os seguintes pontos, que agora são pontos de pauta da nossa ocupação:

- Saída imediata do Reitor e Vice-reitor.

- Dissolução do Conselho diretor.

- Convocação imediata de eleições diretas e paritárias para reitor.

- Pela paridade nas eleições para todos os cargos eletivos da universidade e na composição de todas as instancias deliberativas da UnB.

- Convocação congresso estatuinte paritário.

- Abertura das contas de todas as fundações da UnB.

- Que os bens adquiridos para o apartamento funcional do reitor sejam leiloados e os recursos investidos na Casa do Estudante.

- Abertura imediata de concurso público para professores e técnicos administrativos para suprir o déficit atual do quadro da universidade.

- Contra o corte de bolsas permanência feito pela reitoria.

- Que as bolsas permanência sejam transformadas em bolsas de pesquisa e extensão e que subam para o valor do salário mínimo.

- Que todos os estágios oferecidos pela FUB sejam exclusivos para alunos da UnB,salvo os de pesquisa.

- Pela construção imediata de um Restaurante Universitário no campus de Planaltina.

- Garantia da construção de novos prédios de moradia estudantil.

- Garantia da reforma da casa do Estudante respeitando condições dignas de moradia durante a reforma.

- Pela ampliação dos horários de circulação do transporte interno gratuito da UnB,e que este faca o trajeto ate a rodoviária.

- Pelo Passe Livre estudantil.

- Criação de uma linha de ônibus que integre os campi da UnB.

- Pela construção imediata de novos prédios nos campi Ceilândia, Gama e prioritariamente Planaltina.

- Pela reforma e melhoria das instalações físicas dos campi da UnB.

Ressaltamos que essa é uma manifestação pacífica e legítima e convocamos toda a comunidade acadêmica e toda a sociedade a nos apoiar nessa batalha contra a corrupção e a impunidade.

Movimento de Ocupação da Reitoria da UnB
http://ocupacaounb.blogspot.com

Veja também