Início > Notícias > CPERS pede retirada de projeto do Plano Estadual de Educação
CPERS pede retirada de projeto do Plano Estadual de Educação

Alegando a necessidade de discussão mais ampla e a existência de equívocos em sua elaboração, a presidente do CPERS/Sindicato, Simone Goldschmidt, pediu a retirada de projeto que cria o Plano Estadual de Educação, em tramitação na Assembléia Legislativa.

Alegando a necessidade de discussão mais ampla e a existência de equívocos em sua elaboração, a presidente do CPERS/Sindicato, Simone Goldschmidt, pediu a retirada de projeto que cria o Plano Estadual de Educação, em tramitação na Assembléia Legislativa. A solicitação foi feita na segunda-feira 10, em audiência na Assembléia Legislativa.

Criticado durante a greve realizada pela categoria no início do ano, o projeto peca pela falta de debate com a comunidade escolar. "A proposta segmenta as categorias e pouca referência faz aos funcionários de escola, além de não falar em financiamento e em piso salarial dos profissionais em educação", criticou Simone.

Pressionada, a secretária substituta Carmem Luci da Silva Figueiró afirmou que a retirada do projeto deve ser solicitada pelo sindicato diretamente à secretária Nelsi Muller ou a governador. Carmem coordenou a elaboração do projeto que hoje tramita na Assembléia Legislativa.

Nova reunião, desta vez com a participação de universidades, representantes do Sindicato dos Professores do Estado do RS (Sinpro-RS), conselhos municipais de educação, Conselho Estadual de Educação, alunos e pais, deve ser agendada para os próximos dias.

João dos Santos e Silva, assessor de imprensa do CPERS/Sindicato

Veja também