Início > Notícias > Cpers recebe apoio dos deputados estaduais
Cpers recebe apoio dos deputados estaduais

Projetos referentes a salários e direitos dos professores estaduais não deverão ser votados até fim de 2008. A garantia foi obtida ontem por meio de carta-compromisso, assinada por 30 deputados estaduais. Segundo a 2ª-vice-presidente do Cpers/Sindicato, Neiva Lazzarotto, os líderes de bancada também prometeram apoio para o agendamento da audiência entre os grevistas e a [...]

Projetos referentes a salários e direitos dos professores estaduais não deverão ser votados até fim de 2008. A garantia foi obtida ontem por meio de carta-compromisso, assinada por 30 deputados estaduais. Segundo a 2ª-vice-presidente do Cpers/Sindicato, Neiva Lazzarotto, os líderes de bancada também prometeram apoio para o agendamento da audiência entre os grevistas e a governadora Yeda Crusius.

Apesar da garantia, o movimento grevista não mudará de rumo nesta semana. O fim da greve só pode ser votado em assembléia, o que só deverá ocorrer após audiência com o governo. Os professores realizam hoje vigília na Praça da Matriz, e pretendem obter novas assinaturas dos parlamentares. O chefe Casa Civil, José Wenzel recebeu ontem o Cpers/Sindicato e disse que o Executivo está aberto à discussão com os professores.

A paralisação do magistério a pouco mais de um mês do final do ano letivo aumentou a preocupação de pais e alunos que prestarão vestibular no final do ano. Universidades garantem, porém, que nenhum jovem será prejudicado, se apresentarem, quando forem fazer as matrículas, atestados de freqüência e históricos escolares informando que cumpriram o 3º ano do Ensino Médio. Entre as escolas que tiveram adesão maciça está o Instituto de Educação General Flores da Cunha. O presidente do Círculo de Pais e Mestres da escola, João Marcondes, destacou que apesar da situação delicada, grande parte dos pais manifestam apoio aos professores.

Fonte Correio do Povo

Veja também