Início > Notícias > CPI inicia sem quórum e deputados ouvem interceptações telefônicas
CPI inicia sem quórum e deputados ouvem interceptações telefônicas

A reunião da CPI da Corrupção que se realiza nesta quinta-feira (17) iniciou pouco depois do meio-dia, com a ausência dos membros da base governista. Ao abrir a reunião, a presidente Stela Farias (PT) afirmou que, apesar da falta de quórum para deliberação, a CPI tem foco e roteiro de trabalho. Sem quórum para deliberar, [...]

A reunião da CPI da Corrupção que se realiza nesta quinta-feira (17) iniciou pouco depois do meio-dia, com a ausência dos membros da base governista. Ao abrir a reunião, a presidente Stela Farias (PT) afirmou que, apesar da falta de quórum para deliberação, a CPI tem foco e roteiro de trabalho.

Sem quórum para deliberar, mas com presença mínima para instalar a sessão, Stela Farias informou que na reunião de hoje serão ouvidas interceptações telefônicas da Operação Rodin, recebidas da juíza Simone Barbisan Fortes.

O objetivo, segundo Stela, é buscar comprovações a respeito do depoimento do empresário Lair Ferst. O primeiro áudio disponibilizado apresenta uma conversa entre Lair e Marcelo Cavalcante, ex-representante do governo gaúcho em Brasília, a respeito de carta enviada à governadora denunciando as fraudes no Detran.

Estão presentes os deputados titulares Gilmar Sossela (PDT), Daniel Bordignon (PT) e Paulo Borges (DEM). Dos suplentes, estão presentes Paulo Azeredo (PDT), Raul Carrion (PCdoB) e Fabiano Pereira (PT). Participa também o deputado Ronaldo Zülke (PT).

Veja também