Início > Notícias > Deu na mídia (ZH) Professores da UFRGS aprovam indicativo de greve, mas decisão final fica para a semana que vem
Deu na mídia (ZH) Professores da UFRGS aprovam indicativo de greve, mas decisão final fica para a semana que vem

PROFESSORES, também aprovaram participar da Marcha, do dia 21 de junho (quinta-feira), com os técnicos administrativos da UFRGS e da UFCSPA e demais entidades ligadas à Educação Mais de 185 professores aprovaram por unanimidade o indicativo de greve para a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) na tarde desta terça-feira. Depois de duas [...]

FOTO: Karen dos Santos

Foto: Karen dos Santos

PROFESSORES, também aprovaram participar da Marcha, do dia 21 de junho (quinta-feira), com os técnicos administrativos da UFRGS e da UFCSPA e demais entidades ligadas à Educação

Mais de 185 professores aprovaram por unanimidade o indicativo de greve para a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) na tarde desta terça-feira. Depois de duas horas de argumentação, a categoria decidiu aguardar que a mobilização se amplie e marcou uma nova assembleia para a próxima segunda-feira para decidir a paralisação

Carlos Alberto Gonçalves, diretor da Seção Sindical do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições do Ensino Superior (Andes) na UFRGS, destacou que ainda assim, algumas faculdades paralisarão as atividades de forma isolada.

Uma lista contendo as unidades que não terão atividade curricular esta semana deve ser divulgada ainda hoje.

A decisão da semana que vem colocará em xeque qual rumo os docentes tomarão: se também cruzam os braços, continuam trabalhando ou encontram um caminho intermediário para pressionar o governo federal. Das principais federais do Estado, três já paralisaram.

Entre os transtornos provocados aos alunos pela greve de professores, que se soma a paralisações de servidores técnico-administrativos, estão perdas de aulas e prejuízos ao funcionamento de restaurantes universitários e bibliotecas.

As greves já deflagradas em três universidades já afetam um universo de mais de 45 mil alunos.

Além disso, outra representação dos docentes da UFRGS, a Adufrgs, está com uma consulta em andamento aos associados pela internet para avaliar a posição.

O Andes e a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior, ao qual a Adufrgs é ligada, têm pautas diferentes. Em jogo estão melhorias salariais e mudanças no plano de carreira.

ZERO HORA

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2012/06/professores-da-ufrgs-aprovam-indicativo-de-greve-mas-decisao-final-fica-para-a-semana-que-vem-3795539.html

 

Este post ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Veja também