Início > Notícias > É preciso fortalecer a greve na UFRGS
É preciso fortalecer a greve na UFRGS

Há mais de um mês em greve, os servidores da Ufrgs avaliaram na Assembléia Geral desta terça-feira, dia 3, que o governo federal acenou com muito pouco até agora nas reuniões de negociação. Foi salientada a importância do envolvimento de todos os técnico-administrativos, já que as conquistas serão também para todos.

Há mais de um mês em greve, os servidores da Ufrgs avaliaram na Assembléia Geral desta terça-feira, dia 3, que o governo federal acenou com muito pouco até agora nas reuniões de negociação.

Após os informes da reunião de negociação desta segunda-feira, dia 2, em Brasília, e da Audiência Pública sobre o funcionalismo federal realizada na Assembléia Legislativa gaúcha, a mesa da AG abriu para avaliações. Em todas as falas, foi destacada a necessidade urgente de fortalecer a greve na Universidade. Foi salientada a importância do envolvimento de todos os técnico-administrativos, já que as conquistas serão também para todos.

A Assembléia decidiu que o Comando Local de greve deve indicar para o CNG uma Caravana a Brasília na próxima semana, com ações mais radicais para pressionar o governo Lula.

Além disso, foi aprovado o calendário de atividades desta semana. Uma nova Assembléia Geral será realizada na sexta-feira, dia 6, às 9h, no saguão da Reitoria. Também foram aprovados os nomes dos colegas que irão para o Comando Nacional de Greve: João, com Heloísa de suplente, Gilson e Jorge.

Veja também