Início > Notícias > Entenda a pauta da greve da FASUBRA marcada para dia 17 de março
Entenda a pauta da greve da FASUBRA marcada para dia 17 de março

Pauta da greve compreende aumento do piso e step, ascensão funcional, 30h sem redução salarial com turnos contínuos, dentre outros. Dia 11 seminário na UFRGS debaterá ponto por ponto. Participe.

Reproduzimos aqui o documento lido ao final da Plenária da FASUBRA que aprovou a deflagração da greve para o dia 17 de março:

Os delegados e delegadas presentes na Plenária da FASUBRA realizada nos dia 08 e 09 de fevereiro de 2014 resolvem intensificar o calendário de mobilização e definir a deflagração da greve nacional dos trabalhadores técnico-administrativos das Universidades a ocorrer em 17 de março, tendo a centralidade nos eixos de nossa pauta específica, sem prejuízo de ações que aprofundem a luta conjunta com outras organizações em torno da pauta mais geral.

Eixos específicas para a greve da FASUBRA

- Aprimoramento da carreira (piso e step apresentando acúmulos da FASUBRA que serão enviados às assembleias);
- Extensão para os técnicos do art. 30 da Lei 12.772/2012, que trata de afastamento para realização de estudos de pós-graduação;
- Ascensão funcional;
- Cumprimento integral dos acordos da greve de 2012;
- Reconhecimento dos certificados de capacitação dos aposentados
- Reconhecimento de realização de cursos de mestrado e doutorado fora do país;
- Cronograma com resolutividade dos GTs (democratização, terceirização, etc…)
- Turnos contínuos com jornada de trabalho de 30h sem redução de salário para manter a Universidade aberta nos três turnos;
- Revogação das orientações normativas em relação a insalubridade;
- Revogação da EBSERH com concurso público no RJU;
- Não a perseguição e crminalização da luta. Democratização já!
- Isonomia e valorização dos benefícios entre os três poderes.
- Liberação para exercício sindical em atividades classistas;
- Ampliação das creches universitárias.

E a luta por data-base?

A luta por data-base está nos eixos gerais dos SPFs, que serão debatidos a partir de uma greve geral do serviço público. São eles:

- Definição de data-base (1º de maio);
– Política salarial permanente com reposição inflacionária, valorização do salário base e incorporação das gratificações;

- Cumprimento por parte do governo dos acordos e protocolo de intenções firmados;
– Contra qualquer reforma que retire direitos dos trabalhadores;
– Retirada por PL’s, MP’s, decretos contrários aos interesses dos servidores públicos;
– Paridade e integralidade entre ativos, aposentados e pensionistas;

- Reajuste dos benefícios;
– Antecipação para 2014 da parcela de reajustes de 2015.

Um comentário para "Entenda a pauta da greve da FASUBRA marcada para dia 17 de março"

  1. Eliezer Higino Pereira /Universidade Federal do Rio de Janeiro junho 11th, 2014 09:43 am Responder

    Parabéns por essa Comunicação que exclarece a luta que nossos Representantes de cada Estado lutam em Brasília no Comando Nacional.

    A Pauta é rica e de complexidade enorme.

    Na minha opinião, o eixo da ascenção Funcional e o desvio de função são de grande valia, no entanto
    o Governo pode entender que não têm relação. E é justamente por isso que na minha humilde opinião deveriam caminhar juntas no mesmo documento, na mesma linha da redação.

    O Governo pode entender que a ascenção funcional venha de provas ou de outros artifícios e não de tempo trabalhado na função da qual o Servidor é desviado, trabalhando em função de maior complexidade.
    Já a isonomia, lutamos por um Brasil em Poderes diferentes, mas a diferença de Salários e Benefícios é alarmante. O Poder executivo é desprezado nessa parte.

Deixe seu comentário

Veja também