Início > Notícias > Estão abertas as inscrições para Pós-Graduação em Negociação Coletiva na Ufrgs
Estão abertas as inscrições para Pós-Graduação em Negociação Coletiva na Ufrgs

Estão abertas até o dia 28 de fevereiro, exclusivamente, on-line no site da Universidade as inscrições para a especialização à distância em Negociação Coletiva, que terá início em maio deste ano. O curso conta com 600 vagas para servidores de órgãos do Executivo Federal que exercem atividades gerenciais, em nível estratégico. As inscrições serão feitas [...]

Estão abertas até o dia 28 de fevereiro, exclusivamente, on-line no site da Universidade as inscrições para a especialização à distância em Negociação Coletiva, que terá início em maio deste ano. O curso conta com 600 vagas para servidores de órgãos do Executivo Federal que exercem atividades gerenciais, em nível estratégico. As inscrições serão feitas exclusivamente no site www.eavirtual.ea.ufrgs.br

O curso é uma iniciativa da Secretaria de Recursos
Humanos (SRH) do Ministério do Planejamento, realizado em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A pós-graduação será realizada em 18 meses e terá carga horária de 405 horas. O conteúdo contará com quatro módulos que terão como temas Estado, Governo e Sociedade; Ética Cultura e Valores; Relações de Trabalho; Negociação: teoria e prática; Multiplicação de Competências; além das disciplinas de Metodologia da Pesquisa e Introdução ao Ensino à Distância.

Para participar, o servidor deverá apresentar um projeto de seleção contendo até cinco páginas (contando com a capa do projeto), contemplando ações a serem realizadas pelo aluno para disseminação dos conteúdos trabalhados no curso ou para a formação de multiplicadores nas temáticas sugeridas. Além disso, ele deve ser portador de diploma de nível superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), estar lotado em áreas de Recursos Humanos dos órgãos do SIPEC e contar com vínculo permanente.

Após a inscrição, o projeto apresentado e o currículo dos interessados passarão por uma análise. Os selecionados para o curso receberão a confirmação por correspondência eletrônica, informando o cronograma e os procedimentos para a matrícula. A metodologia do curso prevê aulas em forma de chats, que vão ocorrer, no mínimo, duas vezes por semana (das 19h30 às 21h); dois encontros presenciais, de dois a três dias cada, que serão realizados em capitais a serem definidas; e a confecção de uma monografia de final de curso, que deverá enfocar um projeto prático de aplicação do tema escolhido pelo participante.

Apesar da gratuidade do curso, os servidores participantes deverão assinar um termo de compromisso com penalidades para o caso de desistência/abandono do mesmo ou desligamento do serviço público em período de tempo posterior a conclusão do mesmo.

Fonte: Ministério do Planejamento

Veja também