Início > Notícias > Fórum de Servidores X Governo: Mais uma reunião sem avanços na política salarial
Fórum de Servidores X Governo: Mais uma reunião sem avanços na política salarial

A Fasubra Sindical participou no dia (24) de mais uma reunião entre Secretaria de Relações do Trabalho/MPOG e Fórum de Entidades dos Servidores Federais tendo em vista a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2012.  O encontro já começou com protesto dos servidores, que tiveram que esperar mais de duas horas pela chegada dos representantes [...]

A Fasubra Sindical participou no dia (24) de mais uma reunião entre Secretaria de Relações do Trabalho/MPOG e Fórum de Entidades dos Servidores Federais tendo em vista a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2012.

 O encontro já começou com protesto dos servidores, que tiveram que esperar mais de duas horas pela chegada dos representantes do governo. Depois de tanta demora, as mais de 30 entidades presentes na reunião ouviram, novamente, do secretário Sérgio Mendonça (SRH/MPOG), que a intenção do governo é negociar as pautas setorialmente e que não há como o governo se posicionar sobre a reivindicação de 22,8% de reposição salarial, pois existem muitos setores que precisariam ser consultados sobre o assunto.

 O Fórum então pressionou o secretario para que seja apresentada uma contraproposta principalmente sobre política salarial e data-base. O receio é que a mesa central seja esvaziada e as negociações se arrastem além dos prazos estabelecidos para inclusão de valores na Lei Orçamentária de 2013, estratégia utilizada pelo Governo em 2011 e que resultou em valorização “zero” para a maioria dos servidores.

 As centrais sindicais presentes apontaram que a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2013 já foi para o Congresso Nacional contendo intenção de elevar a despesa com pessoal. Nem assim, Sérgio Mendonça afirmou que há montante específico para atender o clamor dos servidores.

 Na sequência da reunião, foi apresentado pela SRT um quadro sobre as negociações de 2012 com o conjunto das entidades. O estudo mostra que para atender todas as demandas seria necessário investir R$ 66,7 bilhões de reais, que por contemplariam 1.115.085 servidores (ativos, aposentados e pensionistas). O quadro ainda trouxe dados sobre benefícios, racionalização de cargos e gratificações, progressão e promoção.

 Após as discussões, no esforço em demonstrar disposição em negociar e superar o impasse, o Fórum propôs-se fazer ajustes na pauta, sem abrir mão dos princípios, e reapresentar para o Governo. A decisão foi bem aceita por Mendonça, que disse ficar no aguardo. Finalizando o encontro, ficou agendada nova reunião em 02/05 para tratar dos rumos da campanha salarial.

ASCOM da Fasubra Sindical

Um comentário para "Fórum de Servidores X Governo: Mais uma reunião sem avanços na política salarial"

  1. ihednijo junho 6th, 2012 15:02 pm Responder

    What [url=http://relatedhealth.net/2005/07/24/prussian-lands/]prussian lands[/url] befoulment change [url=http://relatedhealth.net/2005/08/04/buy-amphetamine-aspartate/]buy amphetamine aspartate[/url] big sounds [url=http://relatedhealth.net/2005/08/13/trol-powered-by-vbulletin/]trol powered by vbulletin[/url] exclaimed buildings [url=http://relatedhealth.net/2005/08/20/kid-klean/]kid klean[/url] copses heard [url=http://relatedhealth.net/2005/09/02/delsym-and-zyrtek-taken-together/]delsym and zyrtek taken together[/url] headlong covered frightening.

Deixe seu comentário

Veja também