Início > Notícias > Governo do Rio Grande do Sul ignora Conferência Nacional de Educação
Governo do Rio Grande do Sul ignora Conferência Nacional de Educação

Ouça boletim sobre o lançamento da Conae e veja as fotos do lançamento Organizadores e parlamentares reclamaram nesta terça-feira (17) do governo gaúcho, que não está participando das etapas da Conferência Nacional de Educação, que ocorre no próximo ano em Brasília. Em 2009, acontecem as etapas municipais e estaduais, que são preparatórias para o encontro [...]

Ouça boletim sobre o lançamento da Conae e veja as fotos do lançamento

Organizadores e parlamentares reclamaram nesta terça-feira (17) do governo gaúcho, que não está participando das etapas da Conferência Nacional de Educação, que ocorre no próximo ano em Brasília. Em 2009, acontecem as etapas municipais e estaduais, que são preparatórias para o encontro nacional. O tema são as novas diretrizes e estratégias do Plano Nacional de Educação (PNE).

A integrante da comissão estadual e secretária de Educação, Cultura e Desporto de São Francisco de Paula (RS), Márcia Adriana de Carvalho, conta que a Secretaria Estadual da Educação (SEC) foi convidada a participar da organização já início das atividades em Novembro passado. No entanto, a SEC nem sequer teria respondido oficialmente.

"Enquanto comissão, nós oficiamos a secretária de Educação, Mariza Abreu, por duas vezes. Mas a informação verbal é de que o Estado não participaria. Ficaram de nos encaminhar a resposta por escrito, mas essa ainda também não aconteceu", diz.

Márcia também conta que a organização enviou o convite oficial do lançamento da Conferência Nacional de Educação para a governadora Yeda Crusius que foi realizado na tarde desta terça-feira (17) na Assembléia Legislativa. Um dia antes do evento, o gabinete comunicou que a governadora não poderia participar devido a compromissos já assumidos, mas também não encaminhou representantes. A SEC também foi convidada, mas não participou do lançamento.

Para a integrante da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa, deputada Marisa Formolo (PT), a não-participação do governo gaúcho é inaceitável.

"Isso é ruim para o país e nos envergonha enquanto Estado porque nós, que queremos um estado ativo e proponente, consciente do seu papel federativo, lamentamos. E não nos sentimos representados por este governo, nem pela governadora Yeda Crusius e nem pela secretária Mariza Abreu porque suas ausências mostram um descompromisso com a política nacional de educação", diz.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da SEC para saber dos motivos que levaram o governo a não participar, mas não teve resposta até o final da matéria. De acordo com a comissão organizadora, o governo do Rio Grande do Sul é o único do país a não participar das etapas iniciais e nem da organização do evento.

Fonte: Raquel Casiraghi/Agência Chasque

Veja também