Início > Notícias > IPH da UFRGS completa um mês sem abastecimento de água
IPH da UFRGS completa um mês sem abastecimento de água

Instituto está atendendo em meio expediente devido ao problema. SUINFRA garante que abastecimento retorna à normalidade nesta sexta (10).

Pavilhões do IPH. Foto: Thiago Cruz

A área do Instituto de Pesquisas Hidráulicas da UFRGS, no bairro Agronomia em Porto Alegre, está sem abastecimento de água desde o dia 08 de janeiro. O serviço foi interrompido após as duas bombas que alimentam o fornecimento de água do instituto estragaram. Segundo a SUINFRA – Superintendência de Infraestrutura da Universidade, em novembro uma das bombas parou de funcionar, e a segunda apresentou problemas em dezembro, após conserto estragou de maneira definitiva em 08 de janeiro. “Tivemos um período de muitos temporais, de calor intenso e de desgaste das peças ao longo do tempo, essa série de fatores levou as bombas a pararem de funcionar”, relatou Edy Isaias Junior, engenheiro Superintendente de Infraestrutura.

Segundo relato da servidora técnica-administrativa Luciane Maria Silva da Silva, que trabalha no cargo de porteira na biblioteca do IPH, uma bomba chegou a ser instalada no início da semana porém sem sucesso. “Nesta semana instalaram uma nova bomba d’agua no prédio, mas ela apresentou problema semelhante e o fornecimento não foi restabelecido. É uma situação muito difícil, como moro em uma moradia funcional dentro do IPH não tenho fornecimento de água há um mês na minha casa”, relata a servidora. “Todos nós trabalhadores e responsáveis diretamente pelos serviços básicos desse instituto, estamos  atuando sem a estrutura e as condições necessárias para a prestação de nossos serviços”, completou. Devido ao problema o IPH está funcionando somente em meio expediente.
 
A SUINFRA afirmou que a bomba instalada não era a peça correta e foi cedida pelo DMAE de forma emergencial, destacou ainda que a demora na troca se deu por “motivos administrativos”. A SUINFRA confirmou ainda que a nova bomba definitiva já foi comprada e deve ser instalada até o final da noite desta quinta-feira (09) e o serviço de água restabelecido já na manhã desta sexta-feira (10). Uma segunda bomba também foi adquirida pela universidade. 

Este post ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Veja também