Início > Notícias > Manifestação internacional marcará o 8 de Março deste ano
Manifestação internacional marcará o 8 de Março deste ano

Dia 8 de março é um dia de luta das mulheres marcado, no mundo todo, por manifestações que empunham bandeiras feministas em defesa da igualdade. Este ano, milhares de trabalhadoras e trabalhadores dos países que formam o Cone Sul estarão na fronteira da cidade de Santana do Livramento com Rivera, no Uruguai. A manifestação internacional [...]

Dia 8 de março é um dia de luta das mulheres marcado, no mundo todo, por manifestações que empunham bandeiras feministas em defesa da igualdade. Este ano, milhares de trabalhadoras e trabalhadores dos países que formam o Cone Sul estarão na fronteira da cidade de Santana do Livramento com Rivera, no Uruguai.

A manifestação internacional foi proposta pela Comissão de Mulheres da Coordenadoria das Centrais Sindicais do Cone Sul por acreditarem que um outro Mercosul é possível. Mas somente se for resultado de um processo de integração produtivo, social e com a participação igualitária das mulheres. A prioridade neste ato será a defesa da igualdade salarial e o combate à violência contra a mulher.

Santana do Livramento e Rivera são separadas apenas por um poste de luz. Lá é comum os homens matarem, espancarem ou estuprarem mulheres e se refugiar na cidade vizinha. Como as leis são diferentes, brasileiros e uruguaios usam a fronteira para escapar de seus crimes contra as mulheres. A luta das mulheres é pelo estabelecimento de uma lei e de um protocolo de extradição comuns.

Além do fim da violência contra a mulher, são eixos do Dia Internacional da Mulher a igualdade salarial entre homens e mulheres, terra, trabalho, políticas públicas, educação, creche, licença maternidade, soberania alimentar, legalização do aborto e paz no mundo.

Serão dois dias de atividades. No dia 7 acontecem oficinas autogestionárias. Quem for para as atividades do dia 7 deverá providenciar colchonete (para ficar nos alojamentos das escolas) ou barracas (para ficar no parque).

Programação

Sábado, dia 7 de março:

Manhã – chegada das delegações
Acolhimento e organização das que ficarão no acampamento
Espaço de convivência e alimentação

Tarde – oficinas autogestionárias

Domingo, dia 8 de março:

10h – Concentração início do ato político

11h – Fala das entidades organizadoras

13h – Ato Público
Leitura da Carta das Mulheres do Cone Sul

14h30 – Encerramento

15h – Retorno das delegações – saída dos ônibus

Veja também