Início > Notícias > Mas afinal o que o governo Yeda tem a ver com a Assufrgs?
Mas afinal o que o governo Yeda tem a ver com a Assufrgs?

Várias vezes, ao distribuirmos informativos, em assembléias, em conversas, somos questionados sobre o porque da ASSUFRGS dedicar tanto espaço a combater o governo Yeda, e nestes momentos, reafirmamos nossa posição que passa ser expressa a seguir: 1. Temos a convicção de que os trabalhadores das universidades não vivem numa ilha. Portanto, a Assufrgs deve somar-se [...]

Várias vezes, ao distribuirmos informativos, em assembléias, em conversas, somos questionados sobre o porque da ASSUFRGS dedicar tanto espaço a combater o governo Yeda, e nestes momentos, reafirmamos nossa posição que passa ser expressa a seguir:

1. Temos a convicção de que os trabalhadores das universidades não vivem numa ilha. Portanto, a Assufrgs deve somar-se a todos aqueles que combatem as políticas neoliberais, de desmonte da coisa pública e de repressão aos movimentos sociais, como as que são implementadas aqui no Estado pelo governo Yeda:

2. Para nós, é papel fundamental do Sindicato participar de todas as lutas contra governantes corruptos, sejam de que partido forem, que se apropriam do bem público e utilizam-se do que é de todos de forma pessoal;

3. É de suma importância, cumprirmos o papel de educadores e esclarecer a todos que, sem a nossa mobilização, a mobilização de todos, a educação, a segurança, a habitação e a saúde do nosso Estado continuarão sofrendo os desmandos de uma governante que se considera acima do bem e do mal, acima da lei;

4. É fundamental unificarmos as lutas dos trabalhadores do serviço público, sejam da esfera municipal, estadual ou federal, bem como, com os demais trabalhadores, cumprindo desta forma com o nosso papel de agentes da mudança em busca de uma sociedade mais justa e igualitária, onde todos tenham direito a moradia digna, saúde e educação de qualidade, segurança e emprego para todos.

E para os colegas que não acompanharam os desmandos da Governadora, cabe lembrar que:

* Não conseguiu demonstrar a origem dos recursos (suspeita de caixa 2 durante a campanha) utilizados para aquisição da sua casa;

* Foram desviados do DETRAN mais de 44 milhões de reais;

* Não cumpriu legislação federal que definiu o piso nacional do magistério público;

* O Governo Yeda é o que menos investiu recursos para saúde, pasmem, ficando em último lugar com investimento de apenas 3,75% dos recursos próprios, sem falar que é o estado onde os trabalhadores em segurança recebem os menores salários do Brasil;

* Recentemente, foram divulgadas cópias de notas fiscais que comprovam a aquisição pela governadora de móveis na tok & stok para, acreditem, mobiliar o quarto dos seus netos em casa.

Todo este dinheiro é nosso e, por isto mesmo, estaremos sempre cumprindo com nosso papel, enquanto sindicato, de denunciar as políticas nefastas ao povo e reivindicar punição para todos os corruptos, seja de que governo for.

Coordenação Assufrgs

Veja também