Início > Notícias > MEC: recursos para universidades federais dobram em oito anos
MEC: recursos para universidades federais dobram em oito anos

O Programa de Expansão e Reestruturação das Universidades Federais (Reuni) permitiu que as universidades retomassem seu processo de crescimento. O orçamento mais que dobrou desde 2003. Naquele ano, o conjunto das universidades federais recebeu um orçamento total de 9,6 bilhões. Em 2011, de acordo com a previsão orçamentária, serão 23,6 bilhões para as 59 universidades [...]

O Programa de Expansão e Reestruturação das Universidades Federais (Reuni) permitiu que as universidades retomassem seu processo de crescimento. O orçamento mais que dobrou desde 2003. Naquele ano, o conjunto das universidades federais recebeu um orçamento total de 9,6 bilhões. Em 2011, de acordo com a previsão orçamentária, serão 23,6 bilhões para as 59 universidades federais em funcionamento, em valores corrigidos.

A partir do Reuni e programa de Expansão, foram criadas 14 novas universidades federais, 126 novos campi universitários e o número de municípios atendidos passou de 114 em 2003 para 230 em 2011, o que garantiu a interiorização do ensino superior público.

A ampliação do acesso também pode ser mensurado pelos números de vagas e matrículas. O total de matrículas nos cursos de graduação presenciais nas universidades federais passou de 527,7 mil em 2003 para 696,7 mil em 2009. A oferta de vagas, que em 2003 era de 109,2 mil chegou a 187 mil em 2010 e a projeção é de que chegue a 243,5 mil até 2012. Os dados são do Censo da Educação Superior.

Para atender a demanda de ingresso dos novos alunos, foram contratados professores e técnicos administrativos. Atualmente, as 59 universidades federais possuem um total 69 mil docentes e 105 mil técnicos administrativos.

Os recursos para assistência estudantil também aumentaram. Foram R$ 125 milhões em 2008, primeiro ano do programa, e a previsão para este ano é de R$ 395 milhões. Esse orçamento é repassado as universidades federais por meio do Programa Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes), a partir do qual as universidades promovem ações voltadas de assistência, como moradia, alimentação, transporte, e programas de auxílio.

Fonte: Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar
Publicado por: Igor Corrêa Pereira

Veja também