Início > Notícias > Ministério Público e a Associação Nacional dos Magistrados são contra o PLP 01/2007
Ministério Público e a Associação Nacional dos Magistrados são contra o PLP 01/2007

Nesta terça-feira, dia 10, aconteceu no plenário 10 da Câmara do Deputados, em Brasília, a quarta Audiência pública que discutiu a PLP-01/07, que trata da limitação orçamentária para gastos com o pagamento de pessoal do serviço público federal, previsto no Programa de Aceleração do Crescimento apresentado pelo Governo Federal no inicio deste ano.

Nesta terça-feira, dia 10, aconteceu no plenário 10 da Câmara do Deputados, em Brasília, a quarta Audiência pública que discutiu a PLP-01/07, que trata da limitação orçamentária para gastos com o pagamento de pessoal do serviço público federal, previsto no Programa de Aceleração do Crescimento apresentado pelo Governo Federal no inicio deste ano. Da mesa, além da presidência da comissão, do relator do PLP-01/07, também participaram os representantes do Ministério Público e da Associação Nacional dos Magistrados.

Na ocasião os representantes, tanto do Ministério Público, quanto da Associação dos Magistrados manifestaram sua contrariedade ao PLP-01/07 por entenderem que a referida proposta vem na contra-mão do discurso do governo quando apresentou o PAC e também por verem na proposta a clara redução do papel do Estado enquanto propulsor do desenvolvimento do país. Para os debatedores a aprovação proposta significaria ainda mais a redução da obrigação do Estado em satisfazer as mais básicas necessidades do povo brasileiro.

Salientamos a preciosa participação dos companheiros: Alzira Pimenta; Antonia Maridan E. de Souza; Arlene Maria de C. Brito; Arlindo Antonio dos Santos; Cleiton Souza Santos; Daniel Ancelmo da Silva; Eduardo Marques dos Santos; Elena do Bonfim Xavier, Elizabete Torres Vaz; Eunice Carneiro; Fátima dos Reis;Felipe Xavier de Oliveira; Gercilio Pereira Santos; Humberto Ribeiro de Oliveira; Isabel Souza Silva; Jesus Ferreira Gomes; Joana Rosa Mendonça; João Pires Junior; Jorge Roberto de Brito, Lourdes da Mota Ferreira; Luiz Aníbal de Oliveira; Maria Marques do Carmo; Marilda Ferreira da Silva; Robson Bernassoli da Silva; Rodolfo Erculano Rosa; Sandro dos Santos Alves; Vera Lúcia Garcia Alves Arruda e Viviane Dias, técnico-administrativos da Universidade Federal de Goiás que estiveram participando da Audiência Pública fortalecendo o nome da entidade de base e também da FASUBRA.

Fonte: Informe da Fasubra.

Veja também