Início > Notícias > Nota à Categoria e Convocação de Assembléia de Sócios
Nota à Categoria e Convocação de Assembléia de Sócios

A Coordenação da Assufrgs e o Comando Local de Greve, respeitando as tradições democráticas da ASSUFRGS, em comum acordo e em consonância a diversidade de opiniões do movimento dos técnico-administrativos em educação, convocam Assembléia de Sócios em virtude da Greve Nacional da Fasubra. A pauta única da Assembléia será Chamada Extra.   Data: 03 de [...]

A Coordenação da Assufrgs e o Comando Local de Greve, respeitando as tradições democráticas da ASSUFRGS, em comum acordo e em consonância a diversidade de opiniões do movimento dos técnico-administrativos em educação, convocam Assembléia de Sócios em virtude da Greve Nacional da Fasubra. A pauta única da Assembléia será Chamada Extra.

 

Data: 03 de Junho – Terça-Feira

Hora: 14 horas

Local: Restaurante Universitário 3 – Campus do Vale

 

Pauta: Chamada Extra

15 comentários para "Nota à Categoria e Convocação de Assembléia de Sócios"

  1. Doris Borges Franz maio 27th, 2014 17:03 pm Responder

    Vou ter que perguntar de novo: ainda continua esta função da Greve? Em meus 23 anos de casa nunca tinha presenciado o Protocoloa aberto, o DECORDI aberto, e outras tantas Unidades do Campi Centro abertas. Eram os primeiros a fechar e abriam somente quando havia um ganho nas revindicações ou o término da Greve. Hoje o que eu vejo é um pequeno número de pessoas que, não sei o que fazem acreditar em negociação por parte do Governo uma vez que o acordo feito pela FASUBRA, nossa representante junto ao MPOG, tem prazo e este é pra março de 2015 e outro é que o atual Governo não se sabe se vai continuar ou não no poder. Logo, se houver troca de Governo, cabeças “vão rolar” e quem sabe o que pode ser prometido agora, será que vai ser cumprido depois?

    1. Leonardo maio 28th, 2014 08:16 am Responder

      Onde eu assino?

  2. Eugenio, o Ogro, OFS maio 27th, 2014 17:12 pm Responder

    Olha a tunga!

    1. Rejane Souza maio 27th, 2014 23:45 pm Responder

      Doris, tenho o mesmo sentimento e dúvidas q tu…aqui pro lado da vet estamos todos trabalhando, não vejo e nem sinto este engajamento por parte da base. Além de enfrentarmos um governo que está longe de nos enxergar, por estar voltado à copa, ainda temos que enfrentar por vzs chefias que pressionam. Não bastasse tudo isso, a falta de recursos por parte do sindicato, que não recolheu as parcelas do fundo durante o ano passado e ainda fica chamando assembleia de chamada extra toda semana. Creio que estamos jogados a própria sorte!!! Essas coisas dão ainda mais moral pra nós #sóqnão#

  3. claudio av martins maio 27th, 2014 22:54 pm Responder

    greve se faz até com uma única pessoa. De fome se for preciso.

  4. claudio av martins maio 28th, 2014 00:07 am Responder

    mahatma gandhi

  5. Luci maio 28th, 2014 10:54 am Responder

    Eu não vou nessa assembleia furada… sem legitimidade, já estou trabalhando e as ordens aqui no departamento de saúde bucal – Odonto do DAS!
    Luci
    conselho de Delegados do DAS na ASSUFRGS.

    1. Antoniolli maio 28th, 2014 22:36 pm Responder

      Luci, a ideia partiu do teu pessoal( Tônia, Artur, Igor., etc) e a Berna, o Sílvio , o Gabriel, e outros aceitaram.
      Eu também, como tu, estou indignado com essa protelação, após já ter sido agendada uma assembleia para essa 5ª- feira. Que fazer? Sou voto vencido.

  6. José C. maio 28th, 2014 15:16 pm Responder

    Concordo, vamos esperar nosso salário desvalorizar mais um pouco. A seguir noticia interessante sobre o assunto http://servidorpblicofederal.blogspot.com/2014/05/greve-de-tecnicos-de-federais-nao.html?m=0

    1. Luther maio 28th, 2014 19:53 pm Responder

      Esta aqui é de ontem:
      http://servidorpblicofederal.blogspot.com.br/2014/05/comissao-de-educacao-fara-debate-sobre.html

  7. Rejane Souza maio 28th, 2014 15:21 pm Responder

    A sensação que tenho: – é que teremos que ser levados ao esgotamento!

    Mais uma vez, somos convocados a uma assembleia de sócios para reafirmar aquilo já havíamos decidido no dia 08/04 . São 71 dd de uma GREVE que ñ convence a grande maioria da categoria a sua adesão, mas que insiste em nos obrigar a aprovar a qlqr custo a Chamada Extra p/ o seu fundo.

    - Qual é a idéia para esta inércia em que a atividade se encontra?
    - As pessoas ainda ñ se deram conta, que ñ basta apenas aprovar o fundo de greve se ñ houver engajamento da categoria?
    - Até quando se pretende arrastar esta situação?
    – Quais são as reais perspectivas de acordo ou de futuro?
    – Oq temos de garantias p/ nos convencer de que aprovar a manutenção desta greve ñ é apagar incêndio com gasolina?

    A insistência em aprovar esta chamada extra já se tornou uma inconveniência por parte do CLG e da Coordenação, que põem a categoria no meio desta disputa. Vejo isso como uma forma muito negativa, pois desgasta a própria base. Todos aqueles contrários a mais está chamada extra no dia 03/06, compareçam no RU Campus Vale às 14h e tragam o seu colega.

    1) Somos contrários a Chamada Extra;
    2) Devemos ser maioria mobilizando a nossa base;
    4) Defendemos o respeito entre os segmentos políticos e aos sócios;
    5) Permitir que todo e qlqr sócio possa antecipadamente manifestar-se contrário ao desconto;
    6) Assegurar o direito de ressarcimento àqueles que perderem o prazo hábil p/ evitar o referido desconto!

    Vamos reafirmar a nossa posição e cobrar respostas!!

    Att.: Rejane Souza

    https://www.youtube.com/watch?v=hfAuuTra4Ls&feature=youtu.be

  8. Vera Lucia Antunes maio 28th, 2014 19:00 pm Responder

    Assino em baixo, concordo com a Dóris Borges franz.

  9. Luther maio 28th, 2014 19:30 pm Responder

    A pergunta que não quer calar:
    O que as facções que reclamam tanto de a reserva do fundo de greve ter sido investida na Colônia de Garopaba faria com essa grana agora, já que sempre trabalharam contra a greve?

    1. Luther maio 29th, 2014 19:18 pm Responder

      Perguntando doutro modo: afinal, pra que querem fundo de greve em caixa, se por eles a greve nem existiria (isto é, querem apenas ter o fundo à disposição, não a greve propriamente dita)?

  10. Antoniolli maio 28th, 2014 22:28 pm Responder

    O que nunca tivemos isso sim, foi tanta gente puxando contra a greve, tentando sabotá-la por muitos meios. Alguns até, se faziam estar em greve. Fisicamente, até apareciam nas atividades.
    Só que não era de coração, de toda alma(mesmo que acreditem que ela não exista)!
    O que mais vi, foram muitos “poréns”, ” me preocupa”, e por aí vai.
    Fosse um governo do psdb, como que tivemos alguns anos atrás, nada disso ocorreria. Todos pegavam junto. Mas com são sempre questionadas as ações do governo dilmá, ….. então, ……… bananas para a categoria.

Deixe seu comentário

Veja também