Início > Notícias > Parabéns aos técnicos-administrativos pela avaliação positiva dos cursos da UFRGS pela CAPES
Parabéns aos técnicos-administrativos pela avaliação positiva dos cursos da UFRGS pela CAPES

O reitor Carlos Alexandre Netto realizou na manhã de terça-feira, 28, recepção de reconhecimento aos cursos que se destacaram na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES/MEC), oportunidade em que salientou o nível de excelência dos programas de pós-graduação da Universidade. A solenidade ocorreu no Salão Nobre da Reitoria e dela [...]

O reitor Carlos Alexandre Netto realizou na manhã de terça-feira, 28, recepção de reconhecimento aos cursos que se destacaram na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES/MEC), oportunidade em que salientou o nível de excelência dos programas de pós-graduação da Universidade.

A solenidade ocorreu no Salão Nobre da Reitoria e dela participaram o pró-reitor de Pós-graduação, Aldo Lucion, o presidente da Câmara de Pós-graduação, Luiz Fernando Ziebell, diretores de Unidades, coordenadores dos cursos de pós-graduação e alunos.

A UFRGS foi a melhor avaliada no Estado, com os cursos de mestrados e doutorados em Ciências Biológicas (Bioquímica); Ciências Médicas (Psiquiatria); Engenharia Civil; Engenharias de Minas, Metalúrgica e de Materiais; Física; Geociências; Genética e Biologia Molecular; Música; Psicologia e Química, recebendo 7, que é a nota máxima. Além de indicar a qualidade do desempenho e a posição relativa de cada programa no contexto de sua respectiva área, esta avaliação serve de referência para as decisões dos órgãos governamentais de investimento na pesquisa e na pós-graduação e fundamentam as deliberações do Conselho Nacional de Educação sobre quais cursos de mestrado e de doutorado obterão, para vigência no triênio seguinte, a renovação de seu “reconhecimento”.

A Assufrgs parabeniza os técnicos-administrativos que contribuem através do seu trabalho para a qualidade dos cursos desta universidade e pelo reconhecimento da CAPES.

Fotos: Martina Morsch
Fonte Ufrgs

Veja também