Início > Notícias > Paralisação dos TAEs mobiliza categoria pela Carreira e Flexibilização
Paralisação dos TAEs mobiliza categoria pela Carreira e Flexibilização

Paralisação dos técnico-administrativos em educação nesta terça (8) realizou, além de Seminário, Assembleias de Sócio e Geral.

A Assufrgs realizou nesta terça (8) intensa mobilização dos técnico-administrativos da UFRGS, UFCSPA e IFRS. Pela manhã, o auditório da Faculdade de Farmácia ficou lotado para participação no Seminário “Carreira e Flexibilização”, onde foram debatidos os dois temas candentes e de grande importância para a vida funcional dos TAEs. Na primeira mesa, a de Carreira, os companheiros Tônia Duarte, Sílvio e Angela Fernandes apresentaram as questões da nossa carreira que estão em pauta junto à Comissão Nacional de Supervisão da Carreira – CNSC e que terão debate junto com o governo nos próximos meses, devendo merecer atenção e mobilização de todos. A Fasubra estabeleceu calendário de discussão com o governo federal até abril de 2016.

Na segunda mesa, composta por Bernadete Menezes, Sílvio Côrrea, Tônia Duarte e Rogério Coelho, pela assessoria jurídica da Assufrgs, foi abordado o tema da flexibilização e o passo a passo para que os colegas se organizem nas unidades e setores. O debate foi conduzido pelo companheiro Sílvio, que abordou todos os itens que compõem a decisão do Conselho Universitário e como organizar a construção dos planos de trabalho juntos às equipes nos setores. Por fim, Bernadete Menezes destacou o papel político da mobilização pelas 30 horas em nível nacional, e a vitória da aprovação da flexibilização na Ufrgs. Rogerio Coelho tratou do enfoque jurídico sobre a jornada de trabalho dos servidores públicos.

 

Assembleia Geral

À tarde, na Faculdade de Educação (FACED), foi realizada assembleia geral da categoria que iniciou com homenagem ao companheiro Mario Pereira, coordenador da Assufrgs falecido em 06/12, através da exibição de um vídeo. A Assembleia debateu as questões de Carreira e o posicionamento da Assufrgs sobre o debate que irá se estabelecer entre a Fasubra e o governo federal nos próximos meses. Foi consenso de que o momento político do país e das negociações é de resistência e de que um debate mais amplo e de mudanças na carreira, neste momento, é precipitado. Foi aprovado que a Assufrgs defenda uma tática de defesa da atual carreira e cobrança dos avanços pontuais na mesma, com a manutenção da isonomia e unidade da categoria.

 Para a plenária da Fasubra, nos dias 12 e 13/12, foram eleitos por consenso 5 companheiro(a)s: Angela, Silvio, Tonia, Martha e Carla.

Assembleia de Sócios

Após a Assembleia Geral, seguiu Assembleia de Sócios que debateu e avaliou a auditoria realizada na Assufrgs, no período de 2008 a 2014. A assembleia contou com a presença das duas assessorias jurídicas da Assufrgs, da nova contadora da Assufrgs, Luciane Dambros e de membros do Conselho Fiscal. A mesa da assembleia esclareceu que a empresa auditora foi por duas vezes convidada a estar presente na assembleia, para eventuais esclarecimentos e que esta se negou a fazê-lo, alegando já ter cumprido a sua finalidade. Da mesma forma, a mesa dos trabalhos esclareceu que duas assembleias (19/09/2014 e 28/11/2014) aprovaram a realização da auditoria para um período de 20 anos (1995 a 2014) e que, portanto, o relatório apresentado era parcial. Após a leitura das recomendações e conclusão da auditoria foi aberto o debate entre os presentes e para a assessoria jurídica, que fez um breve relato sobre as ações na justiça em defesa dos interesses da entidade, no caso da obra de Garopaba/SC.

Após o debate a assembleia deliberou:

 1) Aprovar todas as recomendações e conclusões do relatório da auditoria, incorporando-as para serem implementadas na Assufrgs; 2) Aprovar a realização de auditoria externa, sempre que o parecer do Conselho Fiscal for de rejeição de contas da entidade, nas futuras gestões, iniciando a partir desta gestão (2013-2015); 3) Aprovar o término da auditoria externa retroativa, para o período anterior a 2008.

Ao final da Assembleia, a mesa convocou a todos para o Seminário sobre Assedio Moral, dia 17/12, na Faculdade de Odontologia e a participação na eleição da coordenação da Assufrgs, dia 15/12.

 Fotos: Imprensa/Assufrgs e Jorge Torres.

 

Um comentário para "Paralisação dos TAEs mobiliza categoria pela Carreira e Flexibilização"

  1. Alex Fagundes dezembro 12th, 2015 10:42 am Responder

    Parabéns a toda categoria pelos avanços.
    Entretanto, infelizmente ainda temos UNIDADES com problemas em dialogar sobre a flexibilização.

Deixe seu comentário

Veja também