Início > Notícias > Parlamentares entregam à Reitoria manifesto em defesa das Cotas na Ufrgs
Parlamentares entregam à Reitoria manifesto em defesa das Cotas na Ufrgs

No início da tarde desta quinta-feira, dia 28, uma comissão com o senador Paulo Paim, os deputados estaduais Adão Villaverde e Stela Farias e os federais Manuela D’Avila, Maria do Rosário e Adão Pretto foram à Reitoria levar um manifesto a favor das Cotas. O documento foi assinado por 35 deputados estaduais. O Comando Local de Greve aproveitou para entregar a eles um documento da Fasubra contra o PLP 1/07.

No início da tarde desta quinta-feira, dia 28, uma comissão com o senador Paulo Paim, os deputados estaduais Adão Villaverde e Stela Farias e os federais Manuela D’Avila, Maria do Rosário e Adão Pretto foram à Reitoria levar um manifesto a favor das Cotas. O documento foi assinado por 35 deputados estaduais. O Comando Local de Greve aproveitou para entregar a eles um documento da Fasubra contra o PLP 1/07.

Veja o texto do Manifesto em defesa das ações reparatórias na Universidade Pública:

A comunidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e a sociedade gaúcha acompanham com grande interesse o debate que está se desenvolvendo na órbita do Conselho Universitário daquela universidade sobre a instituição de cotas para o ingresso de estudantes afro-descendentes, indígenas, portadores de necessidades especiais e, também, alunos oriundos da rede de ensino básico público, naquela universidade.

Este poder, através de iniciativa conjunta das Comissões de Educação, Serviços Públicos e Direitos Humanos, já se manifestou, em 5 de junho passado, favoravelmente à proposta que está sendo apresentada pela Comissão de Ações Afirmativas da Ufrgs, coordenada pela professora Céli Regina Pinto.

A manifestação favorável está relacionada com o entendimento de que a instituição das cotas é uma iniciativa que se inclui no rol de políticas públicas de inclusão social no âmbito do acesso ao ensino do terceiro grau. Insere-se, também, no esforço coletivo que a sociedade brasileira faz, nesta etapa histórica, para repar danos sociais, culturais e econômicos que sofreram setores sociais e parcelas étnicas importantíssimas de nossa sociedade.

Por este motivo, os deputados abaixo-assinados referendam a manifestação das comissões supra-citadas e assumem perante a sociedade gaúcha o compromisso de lutar pela democratização cada vez maior do acesso aos bens culturais e científicos produzidos na academia brasileira, assim como reafirmam seus princípios democráticos e pluralistas, refutando toda e qualquer manifestação de racismo e intolerância, como é o caso das pichações notificadas pela imprensa na terça-feira (26).

Apelamos, enquanto deputados da Assembléia Legislativa gaúcha, aos Conselheiros que decidirão o tema para que garantam políticas reparadoras e assumam o papel histórico de decidirem a favor da pluralidade, da democracia e da tolerância.

Porto Alegre, 27 de junho de 2007

Raul Pont – PT
Daniel Bordignon – PT
Marisa Formolo -PT
Adão Villaverde – PT
Elvino Bohn Gass – PT
Stela Farias – PT
Ivar Pavan – PT
Dionilso Marcon – PT
Fabiano Pereira -PT
Ronaldo Zulke -PT

Raul Carrion – PC do B

Miki Breier -PSB
Heitor Schuch -PSB

Giovani Cherini – PDT
Gerson Burmann – PDT
Paulo Azeredo -PDT
Adroaldo Loureiro – PDT
Rossano Gonçalves PDT

Paulo Odone – PPS
Luciano Azevedo – PPS

Leila Fetter – PP
Silvana Covatti – PP

Marquinho Lang – DEM
Paulo Borges – DEM

Alceu Moreira – PMDB

Alberto Oliveira- PMDB
Alvaro Boessio – PMDB

Adilson Troca – PSDB

Cassiá Carpes – PTB

Veja também