Início > Notícias > Partidos da base aliada de Yeda rejeitam pedido de informações ao MP Federal
Partidos da base aliada de Yeda rejeitam pedido de informações ao MP Federal

O colégio de líderes da Assembléia Legislativa rejeitou hoje a proposta do PT para que a Casa requisitasse oficialmente junto ao Ministério Público Federal informações sobre as denúncias feitas pelo PSOL envolvendo integrantes do governo gaúcho.

O colégio de líderes da Assembléia Legislativa rejeitou hoje a proposta do PT para que a Casa requisitasse oficialmente junto ao Ministério Público Federal informações sobre as denúncias feitas pelo PSOL envolvendo integrantes do governo gaúcho. Apresentado pelo líder da bancada petista, Elvino Bohn Gass, o pedido recebeu a adesão apenas do PC do B e do PSB. DEM e PDT se abstiveram e os demais partidos votaram contra. Bohn Gass lamentou a decisão. “A Assembléia tem o papel constitucional de fiscalizar os atos do Executivo e não pode ignorar denúncias com o nível de gravidade como as apresentadas pelo PSOL. Mas, infelizmente, esta não foi a visão majoritária na reunião dos líderes de bancada”.

Com a recusa dos partidos da base aliada de Yeda de buscar informações junto ao MP Federal, o PT analisa agora outras alternativas para ter acesso a essas informações. Uma das decisões já tomadas é que o partido procurará todas as bancadas para que assinem uma representação a ser encaminhada ao Ministério Público Eleitoral. O objetivo da representação é pedir que sejam investigados indícios de prática de crime eleitoral, de doações irregulares e de repartição de verbas desviadas do Detran, envolvendo membros do atual governo. O MP Eleitoral já solicitou à Polícia Federal para que essas denúncias sejam investigadas.

Blog RS Urgente

Veja também