Início > Notícias > Porto Alegre é isso aí: Coca-Cola vai cuidar do Largo Glênio Peres e da Praça 15
Porto Alegre é isso aí: Coca-Cola vai cuidar do Largo Glênio Peres e da Praça 15

A Coca-Cola investirá R$ 1 milhão na instalação de equipamentos, benfeitorias e serviços de manutenção e conservação do Largo Glênio Peres, Praça 15 de Novembro e avenida Borges de Medeiros, no Centro Histórico de Porto Alegre. O prefeito José Fogaça (PMDB) e o presidente do Conselho de Administração da Vonpar Refrescos S.A, Ricaro Vontobel assinam [...]

A Coca-Cola investirá R$ 1 milhão na instalação de equipamentos, benfeitorias e serviços de manutenção e conservação do Largo Glênio Peres, Praça 15 de Novembro e avenida Borges de Medeiros, no Centro Histórico de Porto Alegre. O prefeito José Fogaça (PMDB) e o presidente do Conselho de Administração da Vonpar Refrescos S.A, Ricaro Vontobel assinam quinta-feira (25) um termo de adoção pelo qual a empresa assumirá o trabalho da prefeitura nestas áreas.

Segundo a prefeitura, as intervenções nos três espaços fazem parte do projeto Viva o Centro. Para o Largo Glênio Peres, o projeto inclui: restauração do pavimento, instalação de deck elevado com cobertura para uso dos permissionários do Mercado Público, novos postes de iluminação, um chafariz com equipamento e obras civis, espaço para manifestações públicas, atrações e shows culturais, sistema de videomonitoramento e concurso para execução do monumento a Glênio Peres.

Na Praça 15 de Novembro, informa ainda a Prefeitura, “estão previstas a execução e manutenção de paisagismo, extensivo aos canteiros da rua Marechal Floriano, além da conservação e manutenção de piso, equipamentos e mobiliário geral”. Na Borges de Medeiros, a Coca Cola cuidará da manutenção e da reurbanização do canteiro central, entre a Prefeitura e o Mercado Público. As primeiras obras devem começar em abril, com a restauração do pavimento do Largo, com finalização prevista para maio de 2012.

A Prefeitura e a Vonpar não informaram qual será o retorno da empresa em publicidade nas áreas envolvidas no acordo.

Fonte RS Urgente

Veja também