Início > Notícias > Presidente da Assembleia Legislativa recebe servidores em greve e veste a camiseta
Presidente da Assembleia Legislativa recebe servidores em greve e veste a camiseta

Fotos da Caminhada (Celso Alves)http://www.assufrgs.com.br/site2006/site_novo/?inc=galeria_mostra&galeria_id=386 Fotos da Visita ao presidente da Assembleia (Raquel Carlucho)http://www.assufrgs.com.br/site2006/site_novo/?inc=galeria_mostra&galeria_id=388 Mais de 300 servidores da UFRGS e UFCSPA realizaram hoje,  uma caminhada vitoriosa até a Praça da Matriz,  onde uniram-se aos trabalhadores do CPERS. Durante toda a caminhada os servidores receberam apoio e manifestações de solidariedade da população em geral enquanto distribuiram Carta [...]

Fotos da Caminhada (Celso Alves)
http://www.assufrgs.com.br/site2006/site_novo/?inc=galeria_mostra&galeria_id=386

Fotos da Visita ao presidente da Assembleia (Raquel Carlucho)
http://www.assufrgs.com.br/site2006/site_novo/?inc=galeria_mostra&galeria_id=388

Mais de 300 servidores da UFRGS e UFCSPA realizaram hoje,  uma caminhada vitoriosa até a Praça da Matriz,  onde uniram-se aos trabalhadores do CPERS. Durante toda a caminhada os servidores receberam apoio e manifestações de solidariedade da população em geral enquanto distribuiram Carta Aberta à Sociedade.

Os servidores foram recebidos pelo Presidente da Assembleia Legislativa, Dep. Adão VillaVerde que manifestou-se favorável as manifestações dos trabalhadores das Universidades Brasileiras.  Ele afirmou o compromisso de levar a pauta de reivindicações aos Ministro da Educação, Fernando Hadad.

CARTA ABERTA À SOCIEDADE
As Universidades Públicas Federais são consideradas as melhores do país. Isso porque têm alunos, professores e técnico-administrativos que as sustentam como tal. No entanto, o governo se recusa a dar à Educação Brasileira a prioridade que ela merece.
Os servidores técnico-administrativos das instituições de ensino superior têm hoje o menor piso salarial do funcionalismo público federal.
O governo vem fugindo das negociações, além de não ter cumprido com acordos firmados. É por isso que hoje nós, funcionários da UFRGS, da UFCSPA e de mais de 29 Universidades do país estamos em Greve! Não temos reposição de inflação há muito tempo, portanto esta é uma Campanha Salarial Emergencial!
ASSUFRGS e UFCSPA

PREMISSAS PARA NEGOCIAÇÃO
Apresentação de recursos orçamentários para serem alocados no piso da Tabela Salarial para 2011 ou 2012;
- Propostas que resolvam a questão do VBC e reposicionamento de aposentados, com ampliação de direitos para 2011;
Avanços nas propostas que possibilitem resolução sobre a racionalização de cargos, conforme deliberação de plenária da Federação, ainda em 2011;
Resolução do Anexo IV, com ampliação de percentual horizontal para todas as classes e reajuste dos benefícios, a partir de 2011.

EIXO GERAL
- Em defesa do direito irrestrito de greve;
- Luta contra o veto do fator previdenciário;
- Luta contra a Terceirização no Serviço Público;
- Abertura imediata de concursos públicos;
- Destinação de 10% do PIB para educação;
- Aprovação da EC 29;
- Nenhum direito a menos advindos de reformas;
- Pelo restabelecimento dos direitos retirados nas últimas décadas pelos governos;
- Destinação de recursos públicos apenas para os organismos estatais;
- Pela revogação da Lei 9.632/98 e de todas as demais leis que extinguem cargos no serviço público;
- Contra qualquer forma de terceirização no serviço público e pela reposição imediato dos cargos terceirizados;
- Contra a MP-520 – (cria empresa estatal de direito privado para gerir os HU´s);
- Contra o PL 549/09 (congelamento de salários);
- Lutar pela aprovação da PEC – 257 – Ascensão funcional ;
- Contra o PLP 92/07 (Fundação Estatal de Direito Privado);
- Contra a PEC 341 (Revisão Constitucional);
- A favor PEC 270 (aposentadoria por invalidez);
- A favor PEC 555 (suspende a contribuição previdenciária);
- Revogação do veto fator previdenciário;
- Contra o PLP 248/98 (Demissão por insuficiência de desempenho);
- Campanha de combate às práticas do Assédio Moral e a todos os tipos de assédio (sexual e outros);
- Auditoria da Dívida;
- Revogação das Orientações Normativas sobre:
- Reposicionamento dos Aposentados;
- Adicional de Insalubridade;
- Aposentadoria Especial.

CAMPANHA SALARIAL EMERGENCIAL
- Lutar por inclusão no Orçamento de 2011 de recursos para:
- Reajuste Salarial: piso 3 SM e step 5%
- Racionalização de cargos;
- Reposicionamento Aposentados;
- Mudança no Anexo IV (Incentivos de Qualificação);
- Devolução do VBC absorvido;
- Isonomia salarial e de benefícios Auxilio- Alimentação;
- Lutar contra a Terceirização;
- Revogação da Lei nº 9.632/98 (extinguiu cargos no Serviço Público Federal);
- Abertura imediata de concursos publico para substituição, no mínimo, da mão de obra terceirizada e precarizada em todos os níveis da carreira para as áreas administrativas e dos HU´s;
- Extensão das ações jurídicas transitadas e julgadas.

 

 Raquel Carlucho – DRT 9745

 

Veja também