Início > Notícias > Professores da UFRGS em greve visitam acampamento dos Técnico-administrativos na Reitoria
Professores da UFRGS em greve visitam acampamento dos Técnico-administrativos na Reitoria

Professores da Ufrgs decretam greve imediataMedida aprovada pelo ADufrgs também afeta docentes da UFCSPA e IFRSEm assembleia realizada na tarde desta terça-feira, professores filiados ao Sindicato dos Professores das Instituições Federais do Ensino Superior de Porto Alegre (ADufrgs) decretaram greve imediata. A medida afeta a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Universidade Federal [...]

Professores da Ufrgs decretam greve imediata
Medida aprovada pelo ADufrgs também afeta docentes da UFCSPA e IFRS
Em assembleia realizada na tarde desta terça-feira, professores filiados ao Sindicato dos Professores das Instituições Federais do Ensino Superior de Porto Alegre (ADufrgs) decretaram greve imediata. A medida afeta a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS/Porto Alegre e o IFRG/Restinga).
Um plebiscito realizado entre terça e quinta da semana passada mostrou que mais da metade dos votantes era favorável à paralisação imediata. O resultado foi levado à reunião de hoje, e a greve foi decretada.
Na primeira consulta, realizada em junho, mais de 80% dos professores optaram por aguardar as negociações com o governo federal. O prazo para apresentação de uma proposta era 2 de julho, mas nenhuma oferta foi feita. A ADufrgs representa 75% dos 1,9 mil docentes ativos da Ufrgs. Ao todo, a entidade soma 3,4 mil filiados.

Professores ligados ao Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), que tem menor representatividade na Ufrgs, já haviam deflagrado greve no dia 29 de junho. No Rio Grande do Sul, aderiram ainda profissionais das universidades federais do Rio Grande (Furg), de Santa Maria (UFSM), do Pampa (Unipampa) e de Pelotas (Ufpel), todos eles ligados ao Andes.

Em todo o País, já são mais de 50 universidades e institutos federais com docentes em greve pela reestruturação das carreiras. A categoria pede reestruturação da carreira, valorização do piso nacional, incorporação de gratificações e melhorias nas condições de trabalho.

Fonte: Correio do Povo

 

http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/?Noticia=442241

Um comentário para "Professores da UFRGS em greve visitam acampamento dos Técnico-administrativos na Reitoria"

  1. Paulo Antoniolli julho 11th, 2012 12:25 pm Responder

    Obrigado pela solidariedade do pessoal do Andes. Esses são mais companheiros. Estão mais atentos ao que acontece em âmbito nacional, não só na sua categoria de docentes, como também na dos técnicos administrativos

    Mas, e o pessoal apelegado do proifes, que está na coordenação da adufrgs, como é que essa gente vai agir?
    Vão mobilizar a categoria? Vão fazer atividades de greve? Vão tentar se mostrar à sociedade, como os técnicos sempre fizeram?
    E será que a reitoria vai também montar uma “comissão de acompanhamento de greve” para os professores, como fez para ós, os técnicos.

    Em termos de mobilização, esse pessoal do proifes é o CÚmulo de representatividade às avessas, eessa ufrgs é o CÚmulo da falta de democracia.

Deixe seu comentário

Veja também