Início > Notícias > Projeto impede discriminação na contratação de trabalhadores
Projeto impede discriminação na contratação de trabalhadores

 É prática comum as empresas buscarem informações junto ao cadastro de inadimplentes para aprovarem ou não um candidato. O projeto do senador Paulo Paim (PT-RS), aprovado em 2010 no Senado (PLS 465/2009) e atualmente tramitando na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados (PL 7.809/10) coíbe essa prática discriminatória hedionda “É um [...]

 É prática comum as empresas buscarem informações junto ao cadastro de inadimplentes para aprovarem ou não um candidato. O projeto do senador Paulo Paim (PT-RS), aprovado em 2010 no Senado (PLS 465/2009) e atualmente tramitando na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados (PL 7.809/10) coíbe essa prática discriminatória hedionda “É um absurdo. Isso fere a dignidade, a honra e a vida privada das pessoas”, argumenta o senador.

 O senador Paulo Paim salienta que não é contra a aplicação do chamado “ficha limpa” para a contratação de servidores, seja na área pública ou privada, mas a situação econômica de um determinado período em que a pessoa esteja desempregada, não pode ser critério para admissão no emprego.

 E afirma: “Quando o cidadão está desempregado ele prioriza o sustento de sua família. Qual pai ou mãe irá deixar seu filho com fome para honrar dívidas? Deixar de quitar uma prestação é algo presumível na situação de desempregado”.

 Mudança

Recentemente uma decisão da segunda turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST), permitiu que o cadastro de inadimplentes seja utilizado como critério para contratação do empregado.

 ”Isso é um retrocesso. Uma lei do deputado Geraldo Magela (PT-DF) e sancionado pelo ex-presidente Lula já proíbe que os bancos usem esta metodologia para empregar e desempregar as pessoas”.

Com informações do DIAP (Fonte: assessoria de imprensa do senador)

Um comentário para "Projeto impede discriminação na contratação de trabalhadores"

  1. ALTAMIRO DAMASCENO ROSA março 10th, 2012 14:29 pm Responder

    Então! …….No momento estou vivendo justamente esta agonia. Trabalheir por 23 anos no Banco do Estado de Goiás. Em agosto de 2002, fui demitido sem justa causa quando ocorreu a privatização da instituição. O Banco ITAU, comprador da instituição simplesmente descartou os funcionários que detinham encargos sociais mais elevados e eu fui um dos comtemplados com a medida.

    De 2002 para 2012 já se passaram 10 longos anos. Durante este tempo a vida não foi fácil. Para tentar sobreviver emplemetei alguns projetos. Porém não fui muito felez. Alguns não deram certo e acabei contraindo dívidas que me levaram a fazer parte da lista de inadimplentes nos serviços de proteção ao crédito. Moral da história… Agora estou aprovado no concurso para o Banco do Brasil e preste a ser convocado. porém não sei se vou tomar posse, já que o Edital do referido concurso elenca como uma das condições não estar inserlido na referida lista. (serasa spc e outro). O que achas? Será que vou conseguir minha posse? Acho que não. Infelismente.

Deixe seu comentário

Veja também