Início > Notícias > Quinta-feira tem manifestação pelo Banrisul como banco público
Quinta-feira tem manifestação pelo Banrisul como banco público

Preocupados com o futuro do banco público dos gaúchos, os banrisulenses promovem nesta quinta-feira, dia 26, uma manifestação em defesa do banco como instituição estadual.

Preocupados com o futuro do banco público dos gaúchos, os banrisulenses promovem nesta quinta-feira, dia 26, uma manifestação em defesa do banco como instituição estadual.

A atividade, organizada pelo Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários) e Federação dos Bancários do RS, acontece às 12h, em frente à Agência Central, no centro de Porto Alegre.

Na oportunidade haverá distribuição de adesivos com os dizeres: "Não abra mão do patrimônio dos gaúchos. Defenda o Banrisul". Uma carta aberta também será entregue aos funcionários e clientes, pedindo o apoio para a manutenção do Banrisul como instituição pública, a serviço do atendimento de milhões de pessoas e como agente imprescindível de desenvolvimento econômico e social do Estado.

"A iniciativa é dar visibilidade ao patrimônio do Estado e destacar o serviço prestado à sociedade pelo Banrisul", destaca o secretário-geral do SindBancários, Fabio Soares Alves. "Pretendemos com esta manifestação valorizar e defender o bem público", reforça.

"Queremos dialogar com a população para conscientizá-la da importância do Banrisul, pois estamos diante de uma eleição onde projetos antagônicos estão em disputa: um privatista e outro que defende o patrimônio público", aponta o diretor do SindBancários, Ilton Freitas. "Independente do resultado eleitoral, precisamos cerrar fileiras na permanência do Banrisul sob o controle público", acrescenta.

"As entidades sindicais, na luta permanente em defesa do Banrisul, cumprindo o papel histórico de dialogar com a sociedade gaúcha, ressaltam a função social do banco que atende todos os rincões do Estado e é patrimônio gaúcho", enfatiza o diretor do SindBancários e da Federação dos Bancários do RS, Amaro Souza. "Resistimos ao ataque privatista das candidaturas dos poderosos, tanto em nível nacional como estadual, e propomos a alternativa que incorpora os excluídos e dialoga com todos", conclui.

Fonte: SindBancários dos Bancários de Porto Alegre e Região

Veja também