Início > Notícias > Reforma agrária não avança e movimentos sociais criticam ministro
Reforma agrária não avança e movimentos sociais criticam ministro

Aliados históricos do PT, os movimentos sociais do campo estão em pé de guerra com a condução da reforma agrária no governo Dilma Rousseff. E colocaram na berlinda a gestão do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) pelo deputado federal baiano Afonso Florence, afilhado político do governador Jaques Wagner (PT).Organizações influentes como o Movimento dos Trabalhadores [...]

Aliados históricos do PT, os movimentos sociais do campo estão em pé de guerra com a condução da reforma agrária no governo Dilma Rousseff. E colocaram na berlinda a gestão do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) pelo deputado federal baiano Afonso Florence, afilhado político do governador Jaques Wagner (PT).
Organizações influentes como o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), a Confederação dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf-Brasil) apontam lentidão, burocracia, insuficiência de recursos, foco equivocado na política de crédito, desmonte do MDA e problemas de gestão como os mais graves erros do governo Dilma na área.

http://www.diap.org.br/index.php/noticias/agencia-diap/18830-reforma-agraria-nao-avanca-e-movimentos-sociais-criticam-ministro

Diap On Line

Este post ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Veja também