Início > Notícias > Relatório Educação 2007 será apresentado em São Paulo
Relatório Educação 2007 será apresentado em São Paulo

Relatório Educação 2007 será apresentado em São Paulo neste sábado

Neste sábado, dia 26, dentro das celebrações do Dia de Mobilização e Ação Global do Fórum Social Mundial, será lançado em São Paulo, o relatório Educação 2007. O documento, produzido pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, avalia a situação de 178 países com os cumprimentos das metas estabelecidas pelos chefes de estado acordadas no Convênio de Dakar.

Conforme material de imprensa da Campanha, com prazo até 2015, o acordado foi aumentar em 50% o número de adultos alfabetizados no mundo, assegurar condições de aprendizagem a jovens e adultos ao longo da vida, garantir a educação primária gratuita para todos, expandir a oferta de educação infantil, conseguir igualdade de gênero e melhorar a qualidade de ensino em toda a educação básica.

O documento indica ainda que "apesar de alguns avanços, o relatório mostra que, todavia, estamos longe de alcançar tais metas: 72 milhões de crianças permanecem sem escolarização, 774 milhões de adultos são analfabetos e serão necessários 18 milhões de professores antes de 2015 para que se possa cumprir os objetivos".

O relatório será apresentado em uma roda de debates sob o tema "A Educação no mundo: um balanço". Participarão da atividade, o relator especial da Organização das Nações Unidas para o Direito à Educação, Vernor Muñoz; a vice-presidente do Comitê Regional da Internacional da Educação para América Latina, Fátima Silva; e o presidente do Sindicato dos Professores em Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Carlos Ramiro de Castro.

Na ocasião, também será entregue ao relator da ONU um relatório sobre normas jurídicas que impedem a liberdade de expressão dos professores da educação em São Paulo. O documento, preparado pela Ação Educativa, Apeoesp e Artigo XIX, contém uma petição escrita e relatos de violação do direito de expressão de profissionais da educação, além de depoimentos de jornalistas que comentam as dificuldades de entrevistá-los.

O evento acontecerá na rua Luis Coelho, 3232, a uma quadra do metrô Consolação, a partir das 10h.

Fonte: Adital, com informações da imprensa da Campanha

Veja também