Início > Notícias > Resultados oficiais confirmam vitória de José Mujica nas eleições do Uruguai
Resultados oficiais confirmam vitória de José Mujica nas eleições do Uruguai

Os primeiros resultados oficiais do segundo turno das eleições no Uruguai confirmam a vitória da coalizão governista de esquerda Frente Ampla, encabeçada por José “Pepe” Mujica, contra a chapa oposicionista conservadora do Partido Nacional, de Luis Alberto Lacalle. Com 41,6% dos votos apurados pela Corte Eleitoral, Mujica obteve 456.824 votos e Lacalle, 429.356. Segundo as [...]

Os primeiros resultados oficiais do segundo turno das eleições no Uruguai confirmam a vitória da coalizão governista de esquerda Frente Ampla, encabeçada por José “Pepe” Mujica, contra a chapa oposicionista conservadora do Partido Nacional, de Luis Alberto Lacalle.

Com 41,6% dos votos apurados pela Corte Eleitoral, Mujica obteve 456.824 votos e Lacalle, 429.356. Segundo as pesquisas de boca de urna, o vencedor obteve entre 50,1% e 51,5% dos votos, contra 44,4% a 46,2% do adversário.

Lacalle, que foi presidente de 1990 a 1995, já reconheceu a derrota e chamou os seguidores para "vigiarem as instituições". "José Mujica será nosso presidente, devemos aceitá-lo", disse.

O presidente Tabaré Vázquez cumprimentou Lacalle por telefone e foi ao quartel-general de Mujica para felicitá-lo. "Para o Uruguai, amanhã (hoje) começa uma nova etapa, na qual devemos trabalhar juntos e buscar melhores condições de vida para todos", afirmou.

Eufórico, Mujica anunciou em um festivo comício a intenção de governar com os cidadãos e lançou uma mensagem conciliadora aos partidos derrotados, aos quais pediu para trabalharem juntos pelo país.

"Há aqueles que não se dão conta de que o poder não está em cima, mas no coração das grandes massas", afirmou o ex-guerrilheiro de 74 anos.

Mujica se desculpou de críticas feitas durante a campanha e assegurou que o governo eleito "não é dono da verdade" e "precisa de todos". "Meu reconhecimento aos homens que representaram o Partido Nacional, o Partido Colorado e o Partido Independente", afirmou.

"Não é hora de discurso programático mas sim de alegria, do compromisso", ressaltou ao agradecer a organização e participação popular que o levou à presidência.

Por sua vez, o vice-presidente eleito, Danilo Astori, ratificou o chamado à unidade por parte dos partidários da Frente Unido e do povo uruguaio.

"Com esta formidável plataforma de lançamento que tem sido o governo conduzido por Tabaré Vazquez, vamos continuar trabalhando com este projeto de construção nacional", destacou.
Candidato do governo pela Frente Ampla, de esquerda, Mujica passou 13 anos de sua vida na prisão, boa parte deles durante a ditadura militar (1973-1985). Ele venceu o primeiro turno com 48% dos votos.

Mujica recebeu os primeiros resultados extra-oficiais no Hotel NH Columbia, em Montevidéu. O prédio foi usado como quartel-general pela coalizão Frente Ampla durante praticamente todo o processo eleitoral.

No dia 25 de outubro, Mujica esteve muito perto de alcançar uma vitória ainda no primeiro turno. Para tanto, ele devia obter maioria absoluta, mas ficou com 48% dos votos.

Seu adversário na votação deste domingo, Lacalle, conseguiu então 29% de respaldo e também passou para o segundo turno.

A contagem dos votos foi iniciada em seguida ao fechamento das urnas, às 19h30, e os primeiros resultados oficiais deverão ser divulgados a partir das 21h30.

Mujica chegou ao Hotel Columbia acompanhado de sua esposa, Lucía Topolansky. Na base da Frente Ampla, ele se reuniria com seu colega de chapa, o candidato à vice-presidência e ex-ministro Danilo Astori, e demais líderes da coalizão governista.

Apesar do tempo instável e das previsões que indicavam o risco de fortes chuvas, centenas de simpatizantes da Frente Ampla se dirigiram à região do hotel para aguardar os resultados.

Segundo relatos difundidos pela imprensa local, a concentração popular já se espalha por alguns quarteirões ao redor do edifício. Um palco foi montado do lado de fora, onde os partidários acompanham a contagem dos votos por meio de um telão.

Caso se confirme a vitória de Mujica, o presidente Tabaré Vázquez irá ao Hotel Columbia para cumprimentá-lo pessoalmente.

Nascido em 20 de maio de 1935, Mujica foi eleito deputado em 1994 e senador em 1999 e 2004. Um ano depois, aceitou o convite para ser ministro da Pecuária de Vázquez.

Nos anos 60, ele integrou o Movimento de Libertação Nacional Tupamaro, guerrilha que atuou até os primeiros anos da década de 1970, combatendo a ditadura que se instaurou no poder em 1973, sob a chefia de Juan María Bordaberry.

Preso pela ditadura em 1972, Mujica permaneceu preso por 13 anos, até 1985. Famoso pelo carisma e maneira informal com que fala e se veste, o ex-prisioneiro político deverá tomar posse no dia 1º de março, dando início ao segundo governo consecutivo da Frente Ampla.

No primeiro turno, com uma votação expressiva, a coalizão já havia assegurado maioria no Congresso, com 16 dos 30 assentos do Senado e 50 vagas das 99 existentes na Câmara dos Deputados.

Fonte Vermelho com agências

Veja também