Início > Notícias > Semana é decisiva para nosso movimento
Semana é decisiva para nosso movimento

Nesta quarta e quinta, o CNG-Fasubra volta à mesa de negociação. Serão encontros importantes. A Assembléia desta segunda (30) lotou o Auditório da Faced, demonstrando que a mobilização cresce na Ufrgs. Foi aprovada uma vigília nos dias da negociação. É fundamental a participação de todos, grevistas ou não.

Nesta quarta e quinta, dias 1º e 2, o CNG-Fasubra volta à mesa de negociação. Serão encontros importantes para definir o rumo do nosso movimento. A Assembléia Geral desta segunda (30) lotou o Auditório da Faced, demonstrando que a mobilização cresce na Ufrgs. Os presentes aprovaram uma vigília nos dias da negociação na Reitoria. É fundamental a participação de todos, grevistas ou não.

Alegria e tristeza marcaram o início da Assembléia Geral. Os caravaneiros da Ufrgs foram recebidos com uma salva de palmas e parabenizações. Mas o falecimento dos colegas Dorvalino, jardineiro da Prefeitura do campus do Vale, no sábado, e de Elaine Colares de Melo, da DDRH, nesta segunda, foi lamentado com um minuto de silêncio.

Logo após, a mesa coordenada por Bernadete, Chiquinho e Marisane deu continuidade aos trabalhos. Myrela e Celso relataram as atividades da caravana a Brasília. Foi destacada a importante participação dos representantes da Assufrgs nas atividades em Brasília, apesar de chegar cansados após 47 horas de viagem devido a problemas no ônibus.

Chiquinho relatou a reunião com o Ministério do Planejamento no dia 25 de julho e logo após foi lida a avaliação do IG da Fasubra (veja a íntegra da avaliação e do relatório nas notícias abaixo). Bernadete passou as deliberações do Comando Local de Greve, reunido na manhã desta segunda, que após as intervenções, foram aprovadas por unanimidade. São elas:

1- Radicalizar a greve. Passar nas Unidades para chamar os colegas que ainda estão trabalhando;

2 – Organizar atividades fortes na quarta e quinta-feiras na Reitoria, dias da negociação com o governo;

3 – Reunião de organização do almoço e vigília na quarta-feira, nesta terça, dia 31, às 14h, na Assufrgs;

4 – Na última AG (sexta, dia 27) foi deliberado que a Fasubra enviasse as tabelas apresentadas pelo governo, mas conforme relato da reunião do dia 25 estas não foram disponibilizadas, sendo apenas exercícios realizados pelo governo. Então, esta deliberação fica inviabilizada. Mas foi reforçada a necessidade de o governo apresentar uma proposta concreta de tabela.

União, mobilização e luta são as palavras chaves para arrancarmos uma proposta do governo nesta semana. Esse é o momento de reforçarmos nosso movimento. Cada colega é responsável por trazer mais um para as atividades de quarta e quinta-feiras na Reitoria.

Veja também