Início > Notícias > Seminário 30h mobilizou categoria para debater a flexibilização da jornada
Seminário 30h mobilizou categoria para debater a flexibilização da jornada

ASSUFRGS, Conselho de Delegados e Técnico-administrativos participaram do Seminário Aprofundando o Debate sobre a Flexibilização da Jornada, organizado pela Coordenação da ASSUFRGS, Conselho de Delegados e GT 30horas, realizado nesta terça-feira (30/04).  A mesa contou com as coordenadoras gerais Bernadete Menezes e Rosane Souza, com o presidente do Conselho de Delegados Rui Muniz, além dos [...]

ASSUFRGS, Conselho de Delegados e Técnico-administrativos participaram do Seminário Aprofundando o Debate sobre a Flexibilização da Jornada, organizado pela Coordenação da ASSUFRGS, Conselho de Delegados e GT 30horas, realizado nesta terça-feira (30/04).  A mesa contou com as coordenadoras gerais Bernadete Menezes e Rosane Souza, com o presidente do Conselho de Delegados Rui Muniz, além dos convidados Dr Rogério Coelho e a representante do Sintest/PR Carla Cobalchini. 

A coordenadora Bernadete Menezes abriu os trabalhos daatividade, informando aos presentes a situação da Comissão de Estudo de Implantação da Flexibilização da Jornada de Trabalho, onde já foram definidos os representantes da ASSUFRGS. Em seguida, o presidente do CD Rui Muniz apresentou um levantamento realizado pelo GT 30h sobre a situação da flexibilização da jornada em 16 Institutos Federais de Ensino Superior, permitindo que os participantes verificassem a realidade de outras instituições, o que pode auxiliar  na construção de ações mais efetivas no âmbito da UFRGS.

Em seguida, o Dr Rogério Coelho proporcionou uma contextualização da legislação sobre o tema, dentro da administração pública, salientando que a flexibilização da jornada não é uma questão técnica-jurídica mas sim política, visto que a lei é clara quando diz que cabe aos dirigentes a autonomia para realizarem essa regulamentação. Por fim, a representante do Sinditest/PR, Carla Cobalchini compartilhou a experiência da luta na Universidade Federal do Paraná, destacando a importância de desmistificar a luta pela jornada, mostrando sua legalidade, para que se possa combater as ameaças aos servidores e unir ainda mais a categoria em torno dessa luta: “Independente do instrumento jurídico que será utilizado para regulamentar, ele só será feito através da nossa força e mobilização”, afirmou.  

Após as manifestações da mesa, os técnico-administrativos presentes também tiveram espaço para suas intervenções e tiraram dúvidas com os convidados. A coordenadora Rosane Souza se manifestou ao final e frisou que este seminário foi apenas o início de uma série de atividades que serão construídas em torno do assunto, frisando que a participação da base é fundamental para a luta. 

 

4 comentários para "Seminário 30h mobilizou categoria para debater a flexibilização da jornada"

  1. José Carlos Rodrigues abril 30th, 2013 23:36 pm Responder

    Uma luta só se conquista com união da categoria. Mas támbem com esforço e muita luta

  2. José Carlos Rodrigues maio 1st, 2013 00:28 am Responder

    A LUTA CONTINUA COMPANHEROS

  3. José Carlos Rodrigues maio 1st, 2013 00:30 am Responder

    A LUTA CONTINUA COMPANHEROS TODOS NA LUTA

  4. ENIO PENHA maio 29th, 2013 09:52 am Responder

    Transcrevo aqui o e-mail enviado ao gabinete do Senador Paulo Paim.
    Estimado Senador Paulo Paim:
    Solicito a Vossa Senhoria que sua assessoria faça contato para que eu possa lhe posicionar sobre o reenquadramento dos servidores das Universidades do Brasil.
    A coisa parece que evolui e agora cabe ao setor jurídico do Ministério da Educação dar o aval para que esse reenquadramento aconteça.
    Precisamos da sua ajuda conforme promessa de campanha.
    Atenciosamente.
    ______________________________________
    Enio Penha.
    E-mail:eniopenha@eniopenha.com.br
    SKYPE: eniopenha@eniopenha.com.br
    (51) 9885-3857 – Vivo. (51) 9455-4630 – Claro.

Deixe seu comentário

Veja também