Início > Notícias > Deu na mídia [CP]: Servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovam GREVE por tempo indeterminado
Deu na mídia [CP]: Servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovam GREVE por tempo indeterminado

     Os Servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovaram por ampla maioria aderir ao movimento de greve que terá início na próxima segunda-feira, dia 11 de junho, em Assembleia Geral, realizada no dia 06 de junho, na reitoria. Os servidores seguem a orientação da FASUBRA Sindical que deliberou pelo início da Greve juntamente com [...]

 

 

 Os Servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovaram por ampla maioria aderir ao movimento de greve que terá início na próxima segunda-feira, dia 11 de junho, em Assembleia Geral, realizada no dia 06 de junho, na reitoria.

Os servidores seguem a orientação da FASUBRA Sindical que deliberou pelo início da Greve juntamente com o funcionalismo público em todo o país, uma GREVE GERAL.

Conduziram os trabalhos as Coordenadoras Gerais da ASSUFRGS Bernadete Menezes e Rosane Souza, ambas deram os informes nacionais e locais, os representantes da Direção Nacional da FASUBRA Sindical, presentes em Brasília, Igor Pereira e Antonieta Xavier, também fizeram uso da palavra dando relato da participação nas atividades em Brasília, na última semana. Além disso, os servidores receberam apoio do representante do DCE, da UFRGS, Guilherme Andreis.

VOTAÇÃO PARA INÍCIO DA GREVE 2012 DIA 11 de junho -

Os servidores aprovaram por ampla  maioria GREVE conforme orientação da FASUBRA;

com 06 abstenções.

Após o encerramento da Assembleia, uma Comissão foi a Administração da UFRGS e da UFCSPA onde entregaram e protocolaram um documento informando o início da Greve, para segunda-feira, dia 11 de junho.

 APROVADA A DEFLAGRAÇÃO DA GREVE DOS TRABALHADORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS, QUE JÁ É CONSIDERADA MAIOR GREVE DA ÁREA NA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Por causa da mobilização e sincronia entre os sindicatos, o movimento grevista já é considerado o maior da história. “Nunca a adesão ao calendário de ações e propostas oficiais da Federação foi tão unanime. É perceptível como cada uma das entidades filiadas está engajada no processo de paralisação”, comemora a diretoria nacional da Federação. Nos próximos dias as reitorias serão devidamente avisadas sobre a greve, atendendo os prazos regimentais previstos em Lei.

Governo não quis negociar

Depois de várias tentativas de negociação com o governo, todas sem sucesso, os servidores chegaram ao limite. “Nosso caminho preferencial é sempre o da negociação, a greve é a última medida. Infelizmente o Governo Federal preferiu não negociar e não nos deu outra opção”, informou a FASUBRA.

As principais reivindicações dos trabalhadores são o aumento do piso salarial e a correção das pendências da carreira desde 2007.

 

9 comentários para "Deu na mídia [CP]: Servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovam GREVE por tempo indeterminado"

  1. André junho 6th, 2012 22:28 pm Responder

    Pessoal, alguém poderia sanar uma dúvida que eu ainda tenho? só os profissionais técnicos, ou os professores também entrarão em greve na UFCSPA?
    Valeu

    1. Lesley junho 7th, 2012 01:00 am Responder

      André, a greve por enquanto só nós, os funcionarios, aderimos a greve!

  2. Lesley junho 7th, 2012 01:02 am Responder

    André, por enquanto só os funcionários entrarão em greve!

  3. Mário Sérgio Leandro junho 7th, 2012 17:39 pm Responder

    Mais uma greve na vida de todos nós: agora são os funcionários da UFRGS; ali, por agosto e setembro, serão os funcionários da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Fazem, fazem greve e as concições da Biblioteca da FABICO, por exemplo, não mudam: espaço e acervo que não atendem às necessidades dos alunos, laboratórios de informática insuficientes… Além disso, há casos em que alguns servidores já saem da assembleia prontos para viajar ou realizar atividades de interesse pessoal. Enquanto os servidores não repensarem o moviemento de greve com mais seriedade, a situação será essa: greves “pasteurizadas” já incorporada, de certa forma, no calendário acadêmico…

  4. Elisa junho 7th, 2012 23:36 pm Responder

    As aulas ficarão suspensas em todas as unidades da UFRGS?

    1. Susana junho 12th, 2012 14:15 pm Responder

      Oi Elisa, os professores não estão de greve, só os funcionários etão as aulas seguem normais, só não temos bibliotecas, laboratórios etc, mas professores nós temos.

  5. Rafael Cecagno junho 10th, 2012 03:28 am Responder

    Mário, junte-se a nós!!! podemos fazer um ato na FABICO na qual você e todos os seus colegas poderão reforçar nossas fileiras na luta por melhores condições de estudo e trabalho. Ou você acha que nossos locais de trabalho são “adequados” e “suficientes”?

  6. Mateus junho 18th, 2012 19:24 pm Responder

    Sou calouro e preciso fazer minha carterinha, como vou fazer se os funcionários estão em greve?

  7. Raphael junho 19th, 2012 01:54 am Responder

    Apóio a greve, é necessário que haja valorização da educação, e espero que terminando o semestre letivo, os professores venham a aderir a greve(aderir agora, para menos de um mês para o fim do semestre, apenas causaria transtornos aos alunos).
    Apenas achei uma covardia fechar o RU, uma vez que muitos estudantes precisam do mesmo para se alimentarem.

Deixe seu comentário

Veja também