Início > Notícias > Servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovaram por ampla maioria Indicativo de Greve para o dia 11 de junho
Servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovaram por ampla maioria Indicativo de Greve para o dia 11 de junho

Na tarde do dia 31 de maio, na Faculdade de Economia, aproximadamente 300 servidores aprovaram por ampla maioria a indicação da FASUBRA Sindical, do Indicativo de Greve para o dia 11 de junho.

Na tarde do dia 31 de maio, na Faculdade de Economia, aproximadamente 300 servidores aprovaram por ampla maioria a indicação da FASUBRA Sindical, do Indicativo de Greve para o dia 11 de junho.

A mesa da Assembleia Geral foi conduzida pelas Coordenadoras Gerais da ASSUFRGS, Bernadete Menezes e Rosane Souza.

O prof.  Mathias Luce, da Sessão Sindical Andes/Ufrgs,  cumprimentou aos presentes e demostrou total apoio a luta da categoria, ele salientou  que o conjunto do funcionalismo público deve unificar, assim garantirá os objetivos de toda a categoria.

Na votação do Indicativo de Greve para o dia 11 de junho, ficou assim definido:
A Maioria do plenário votou favorável ao Indicativo;
17 abstenções;
01 voto contrário e;
02 direitos de declaração de voto.

Os servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovaram também o número de 14 caravaneiros (as) para participar da Marcha Nacional Unificada, no dia 05 de junho (terça-feira), em Brasília.
Em seguida foram inscritas três chapas que elegeram 06 delegados(as) para participar da Plenária da FASUBRA nos dias 3 e 4 de Junho, em Brasília.

Foram inscritas três Chapas
CHAPA 1 – Vamos a Luta e Independentes;
CHAPA 2 – Coletivo Tribo e Independentes;
CHAPA 3 – União e Olho Vivo – CTB ( e CSD(RESSIGNIFICAR) e Independentes.

 A votação ficou assim definida:
CHAPA 1 – 104 votos – Vamos a Luta e Independentes, 04 delegados(as) eleitos;
CHAPA 2 – 27 votos – Coletivo Tribo e Independentes; 01 delegado (a) eleito;
CHAPA 3 – 44 votos – União e Olho Vivo – CTB ( e CSD(RESSIGNIFICAR) e Independentes – 01 delegado (a) eleito.

A categoria aprovou também que na Eleição para reitor na UFRGS o Voto dos servidores seja NULO, e a luta pela PARIDADE JÁ! E a LUTA deverá permanecer até que o conjunto dos servidores alcance seu objetivo.

 

Da Assessoria de Impresa da ASSUFRGS
Jornalista – Raquel Carlucho

 

4 comentários para "Servidores da UFRGS e da UFCSPA aprovaram por ampla maioria Indicativo de Greve para o dia 11 de junho"

  1. Eugenio, OFS maio 31st, 2012 22:26 pm Responder

    Paz e bem!
    .
    Quanto à questão da eleição para Reitor
    antes da votação pedi o exclarecimento:
    .
    - Caso a ASSUFRGS defina pelo voto nulo
    ou por apoiar alguma chapa,
    quem resolvesse apoiar uma posição diferente
    seria expulso ou sofreria alguma punição?
    .
    O Plenário manifestou que
    “Não, não haveria punição”.
    .
    Com isto a defesa que a Berna fez
    de sua proposta –
    que era preciso dar liberdade
    para que os associados fizessem
    o que achem mais adequado –
    ficou sem sentido,
    pois de qualquer forma
    já estava contemplada
    a liberdade para fazer
    o que ache adequado.

  2. Paulo junho 1st, 2012 15:22 pm Responder

    Eu ia votar com a Berna para que todos fossem livres para as eleições para Reitor. Depois das respostas às perguntas do Eugênio mudei, a Berna pediu o que já tava garantido a todos, ninguém será expulso ou punido na ASSUFRGS por não votar nulo, por não fazer campanha pelo voto nulo, por fazer campanha para alguma chapa.
    01 de junho de 2012, 12:22

  3. Eugenio, OFS junho 1st, 2012 19:13 pm Responder

    Paz e bem!
    .
    16h12min, 01 jun. 2012
    e nada da Coordenação da ASSUFRGS
    liberar os comentários.
    .
    Será que tem algo
    que não gostaram?

  4. Eugenio, OFS junho 1st, 2012 19:45 pm Responder

    Paz e bem!
    .
    1 Finalmente liberaram os comentários,
    depois de meio da tarde de uma sextafeira.
    A tradução é:
    não querem discutamos.
    .
    2 Por fim continuam
    com o horário de Londres,
    mas ontem a rainha perdeu no voto.
    .
    16h44min, 01 jun. 2012.

Deixe seu comentário

Veja também