Início > Notícias > Técnico-Administrativos de todo o país protestam em Santa Maria e são recebidos com repressão da polícia militar
Técnico-Administrativos de todo o país protestam em Santa Maria e são recebidos com repressão da polícia militar

A ATENS tem como marco histórico o amparo da administração da UFSM, a força policial, o uso da repressão e a não oportunidade de diálogo democrático.

Técnico-Administrativos de todo o país filiados à FASUBRA estiveram protestando na cidade de Santa Maria, contra a fundação da Associação de Técnicos de Nível Superior (ATENS). A Direção Nacional da FASUBRA estava presente na atividade.

Com mais de 100 técnicos, na manhã do dia 03 de dezembro, com um calor de 38º, os trabalhadores foram surpreendidos pela quantidade de policiais que chegaram ao evento “exclusivo”, conforme informou um dos representantes da ATENS.

Carros oficiais da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) levavam os servidores para a atividade como forma de recompensar pelo VOTO a favor da criação da ATENS.

O objetivo da delegação da FASUBRA durante a assembleia de fundação que ocorreu no Hotel Morotin, era tentar dialogar com os técnicos que chegavam à assembleia e denunciar o caráter corporativo e divisionista da nova entidade.

Porém como resposta, ao invés do debate, a ATENS solicitou reforços à Brigada Militar. O público presente na atividade eram médicos, servidores do gabinete do reitor e também cargos de confiança da administração da UFSM.

A delegação da FASUBRA não podendo entrar para dialogar com os companheiros fez o uso da palavra usando um carro som para fazer a leitura da CARTA da FASUBRA, contra o DIVISIONISMO DA CATEGORIA.

Os diretores da FASUBRA, explicaram ao público presente na fila que este caminho é incorreto, porque divide a categoria, e acaba com toda a história da criação do PCCTAE.

Além disso, os técnicos não puderam fazer uso da palavra para apresentar ao Plenário a história de luta dos trabalhadores que veem há anos num movimento que não deveria ser dividido.

A imprensa da ASSUFRGS e da ASSUFSM foi impedida de fazer a cobertura do evento. Com muita cautela as jornalistas apresentaram a Carteira de Trabalho, os mesmos levaram e depois de muito custo foi liberada a entrada para fazer as fotos.

Exatamente às 10h, iniciou-se a Assembleia de Fundação da ATENS, que contou com a apresentação dos membros que compõem a ATENS e logo em seguida sem leitura alguma os servidores aprovaram por ampla maioria a fundação da ATENS. Não ocorreu contagem dos votos contrários a Fundação e tiveram 04 abstenções.

Os técnico-administrativos das Universidades Federais retiraram-se do Plenário gritando palavras de ordem como: “NÃO, NÃO A DIVISÃO”, a FASUBRA unida jamais será vencida.

De acordo com a maioria das falas de diretores da FASUBRA e Coordenadores das entidades de base, “a ATENS, que já existia como associação antes de buscar tornar-se representação sindical, tem sua origem fundamentada na divisão da categoria dos técnico-administrativos em educação”. Ficou claro para todos ali presentes que o discurso da ATENS não é pautado pela união dos trabalhadores e pelas conquistas de lutas históricas da categoria.

Logo em seguida a delegação da FASUBRA concluiu as falas em frente ao evento e seguiu para o Hotel Continental, onde elaborou um calendário de atividades e manifestos que devem ser encaminhados a toda base da FASUBRA nos próximos dias.

Ao final da reunião da delegação da FASUBRA, a Direção Nacional, esteve no Ministério Público apresentando uma denúncia de uso da máquina pública para a fundação da entidade com registros que apontam a suspeita de recebimento de apoio financeiro e de vinculação com a Administração da UFSM.

Conforme orientação da Direção Nacional da FASUBRA a mesma denúncia deverá ser feita em outras universidades do país, nas quais também há suspeitas de práticas irregulares.

Carta contra o DIVISIONISMO

MATERIALBRASILIA

 Da Assessoria de Imprensa Jornalista Raquel Carlucho

 

 

3 comentários para "Técnico-Administrativos de todo o país protestam em Santa Maria e são recebidos com repressão da polícia militar"

  1. Eduardo vieira dezembro 4th, 2012 16:38 pm Responder

    Viva a pluralidade sindical que permite a divisão dos trabalhadores em múltiplos sindicatos e enfraquece a luta da classe trabalhadora!

  2. Eugenio, OFS dezembro 4th, 2012 22:10 pm Responder

    Paz e bem!
    .
    1 Registrar que o Sr. Nelson Rosa da UFRGS foi eleito diretor desta entidade que pretende dividir a nossa categoria.
    .
    2 Esta entidade pode roubar o valor de meu imposto sindical?
    .
    Hora: 20h10min

  3. Eugenio, OFS dezembro 5th, 2012 10:35 am Responder

    Paz e bem!

    ATÉ QUANDO
    A COORDENAÇÃO DA ASSUFRGS
    VAI INSISTIR
    COM O HORÁRIO DE LONDRES?

    ONTEM MANDEI UM COMENTÁRIO ÀS 20h10min
    E FOI PUBLICADO COMO SE FOSSE ÀS 22h10min.
    —-
    Enviado às 08h35min.

Deixe seu comentário

Veja também