Início > Notícias > Categoria deflagra greve contra PEC 241 para o dia 08 de novembro
Categoria deflagra greve contra PEC 241 para o dia 08 de novembro

Técnico-administrativos estarão em greve por tempo determinado na UFRGS, UFCSPA e IFRS. No final da tarde desta quinta (27) comissão de mobilização da greve tem sua primeira reunião.

 

Auditório da Economia lotado em Assembleia Geral da categoria em 26 de outubro de 2016

Em Assembleia realizada nesta quarta-feira (26), dia de paralisação, os técnico-administrativos da UFRGS, UFCSPA e IFRS aprovaram deflagração da GREVE por tempo determinado, iniciando no dia 08 de novembro. A greve tem como pauta a luta contra a PEC 241, que foi aprovada nesta terça-feira em segundo turno na câmara dos deputados e agora segue para o senado. Clique aqui e saiba mais sobre os retrocessos previstos pelo projeto do Governo ilegítimo de Michel Temer. 

Categoria dos TAE's decidem em ampla maioria início da greve contra a PEC 241, em 08 de novembro.

A data foi definida após longa discussão entre a categoria, que optou por utilizar os próximos dias, até 08 de novembro, para mobilizar o maior número de servidores da base. A primeira reunião da comissão de mobilização da greve, já está marcada para o dia 27 de outubro, às 17h, no auditório da Assufrgs (Avenida João Pessoa, 1392). Todos convocados!
 
Um total de 33 instituições no Brasil já contam com greve anunciada pelos técnico-administrativos da base da Fasubra e 70 campi universitários e 1000 institutos federais e escolas em todo país estão ocupados em resistência à PEC 241/16
 
Assembleia Geral e pautas internas da UFRGS
 
Além da deflagração da greve, a Assembleia Geral da categoria contou com os seguintes informes: aviso sobre a atividade da assembleia unificada dos estudantes secundaristas e universitários que ocorrerá às 18h30m na Faced, também neste dia 26; Ocupação dos estudantes na faculdade de Letras contra a PEC 241; Ofício enviado pela Assufrgs solicitando posição formal da Reitoria contra a invasão da Brigada Militar ao espaço da Universidade, na noite do dia 24, após ato contra a PEC 241.
 

Mesa da Assembleia foi composta pela coordenação geral da Assufrgs

 
Outro assunto discutido na Assembleia foi a mesa de negociações entre o sindicato e a Reitoria, que terá sua próxima reunião no dia 03 de novembro. A coordenação da Assufrgs irá cobrar do Reitor Rui Oppermann a presença dele na Comflex, que já foi prometida, mas ainda não cumprida, para explicar os motivos pelos atrasos nas assinaturas já aprovadas pela comissão. 
 
Na ocasião também será avançado outro ponto de atrito entre categoria e administração, o sistema de controle da frequência através do sistema de login. A determinação do sindicato é manter o movimento pelo NÃO LOGIN. A Reitoria segue garantido que nenhum desconto será realizado até que se chegue a um acordo na mesa de negociação. A Assufrgs solicitou aos colegas que avisem a coordenação caso recebam algum assédio de diretor de unidade, para que o caso seja também destacado na mesa com a reitoria.
 

A categoria também deu informes sobre a situação das proporções democráticas na consulta para a eleição dos diretores de unidades. ICBS, Enfermagem, IFCH e IGEO são algumas das unidades que realizaram uma ampla discussão sobre a necessidade de uma proporcionalidade mais democrática em suas unidades, enfrentando inclusive resistência por parte da administração. 

Confira a galeria de fotos da Assembleia Geral da ASSUFRGS que deflagrou greve contra a PEC 241, a partir do dia 08 de novembro:

Ofícios encaminhados às Reitorias sobre deflagração da greve:

UFRGS

UFCSPA

IFRS

Este post ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Veja também