Início > Notícias > Veja na imprensa local as notícias da paralisação dos servidores da UFRGS
Veja na imprensa local as notícias da paralisação dos servidores da UFRGS

A paralisação dos servidores da UFRGS foi divulgada nos principais veículos de imprensa da cidade. Além dos jornais Zero Hora e Correio do Povo as emissoras Ulbra TV e Record também fizeram a cobertura e noticiaram nos telejornais. ZERO HORA Funcionários da UFRGS fecham a reitoria em protesto Foto Ronaldo Bernardi Protesto é nacional e [...]


A paralisação dos servidores da UFRGS foi divulgada nos principais veículos de imprensa da cidade. Além dos jornais Zero Hora e Correio do Povo as emissoras Ulbra TV e Record também fizeram a cobertura e noticiaram nos telejornais.

ZERO HORA

Funcionários da UFRGS fecham a reitoria em protesto


Foto Ronaldo Bernardi

Protesto é nacional e reivindica melhores salários e manutenção do plano de carreira

Funcionários da UFRGS bloqueiam a entrada no prédio da reitoria da universidade, no Centro, desde as 6h desta terça-feira. A adesão à mobilização nacional reivindica melhores salários e manutenção do plano de carreira.

Com um carro de som, a coordenação do movimento comandava uma assembleia, em frente à reitoria, a partir das 9h30min. O movimento terá três dias de duração, porém segundo o sindicalista Luiz Francisco Martins Alves, a manifestação na universidade gaúcha se concentrará somente hoje. Nesta quarta-feira, as lideranças do movimento tem reunião agendada com representantes da Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento para discutir a pauta de reivindicações.


CLIQUE AQUI PARA LER A MATÉRIA NO SITE ZEROHORA.COM


CORREIO DO POVO RÁDIO GUAÍBA

Servidores da Ufrgs bloqueiam reitoria para exigir aumento de salário
Funcionários impedem acesso ao prédio desde às 5h30min desta terça-feira

Um grupo de 50 servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) bloqueiam a entrada da reitoria nesta terça-feira. Os funcionários impedem o acesso ao prédio, que fica no campus central, desde as 5h30min. A intenção deles é permanecer durante todo o dia na mobilização. Segundo a coordenadora da Associação dos Servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Bernardete Menezes, a maioria dos 2.600 funcionários está de braços cruzados nesta terça. A paralisação é nacional, para exigir melhorias no Plano de Carreira e aumento do vale refeição, que hoje é de R$ 126.

O Governo Federal tem uma reunião nesta terça em Brasília sobre o assunto. Após a greve de 2007, houve a sinalização de reajuste salarial para o último mês de setembro, o que, segundo Bernardete, não foi cumprido. Em outras universidades federais, a mobilização é de três dias. Em Porto Alegre, apenas hoje ficam comprometidos os serviços no restaurante universitário, bibliotecas, laboratórios e secretarias de bloco.

Fonte: Marjulie Martini/Rádio Guaíba

CORREIO DO POVO

Servidores da Ufrgs seguem com manifestação na reitoria

Funcionários impedem entrada no prédio da universidade

Cerca de 100 servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) bloqueiam a entrada da reitoria nesta terça-feira. O grupo segue com a manifestação até o final da tarde impedindo o funcionamento do prédio. Os servidores participam de uma paralisação nacional para exigir melhorias no Plano de Carreira e aumento do vale refeição, que segundo a categoria não é reajustado há 7 anos. Os manifestantes fizeram café da manhã e almoço no local. Uma assembleia também foi realizada para discutir as reivindicações.

Segundo a Associação dos Servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a reunião que estava marcada para hoje com o Governo Federal em Brasíla para tratar do assunto foi adiada. Em outras universidades federais, a mobilização é de três dias. Em Porto Alegre, apenas hoje ficam comprometidos os serviços no restaurante universitário, bibliotecas, laboratórios e secretarias de bloco.

Veja também