Início > Notícias > Plenária da Fasubra começou com homenagem ao Dia Internacional da Mulher
Plenária da Fasubra começou com homenagem ao Dia Internacional da Mulher

   Começou no dia (9) a Plenária Nacional Geral (PNG) da Fasubra Sindical, com a homenagem e ato político da Federação às mulheres. No início, os coordenadores gerais saudaram os presentes, parabenizaram as mulheres pela data especial e informaram da mudança ocorrida na programação da Plenária, que foi suspensa ontem em virtude do falecimento de um [...]

 

 Começou no dia (9) a Plenária Nacional Geral (PNG) da Fasubra Sindical, com a homenagem e ato político da Federação às mulheres.

No início, os coordenadores gerais saudaram os presentes, parabenizaram as mulheres pela data especial e informaram da mudança ocorrida na programação da Plenária, que foi suspensa ontem em virtude do falecimento de um companheiro da categoria, após a Marcha Lilás.

Em seguida passou-se às atividades de comemoração do Dia Internacional da Mulher, que ficaram sob a coordenação da Mulher Trabalhadora da Fasubra Sindical. Todos os representantes das forças políticas que atuam na entidade subiram ao púlpito para falar da importância da iniciativa da Fasubra Sindical em debater o tema, além de relatarem as diversas formas em que as discriminações contra a mulher estão inseridas na sociedade brasileira.

Na seqüência foi apresentado um vídeo realizado pela Fasubra mostrando a luta de várias companheiras que na existência da Fasubra contribuíram com a organização.

Em seguida foi dado início às falações que abordaram a violência doméstica, o assédio moral no trabalho, a luta diária de mulheres negras para conquistar liberdade e espaço na sociedade, o direito de decidir sobre o que fazer com o próprio corpo, a liberdade de escolha, a intervenção social, o seu empoderamento nos espaços políticos. Existiram também críticas profundas à Justiça brasileira que pune brandamente os assassinos de mulheres.

Em muitas falas foi ressaltada a importância do segmento feminino para a construção da Fasubra ao longo dos seus 34 anos de história. Diretoras da Federação exigiram respeito para que, juntos, homens e mulheres possam continuar participando e construindo a Federação.

pnemaro09manha3

Então, a mesa do evento se desfez para que fosse apresentado o vídeo Acorda Raimundo Acorda, que mostra a inversão de papéis de homem e mulher enquanto provedores da casa.

Após o filme, cerca de 30 intervenções diagnosticaram que é preciso que as mulheres se unam em ações de pressão sobre governos e autoridades públicas, no sentido de elaborar políticas públicas que contemplem as demandas femininas e tenham por objetivo garantir condições dignas de vida, trabalho, saúde, educação, cidadania, moradia, como também mais respeito, fim do machismo e da violência sexista.

Depois das falações foi lido resultado da dinâmica onde os delegados e delegadas escreveram em tarjetas o que pensam sobre as mulheres, e sobre o que as mulheres pensam sobre si mesmas. Ao final, a coordenação resumiu as opiniões e leu-as para a plenária.

Tarde – Com adiamento do inicio da plenária em virtude do falecimento do companheiro Marcos Ribeiro, a tarde de sábado foi destinada aos informes da direção, bem como à análise de conjuntura – que envolveu a discussão sobre a anulação da reforma da previdência, plebiscito da Ebserh, Encontros Regionais e Marcha de 24 de Abril. Foi destinado um minuto para que um representante da entidade pudesse prestar informes de base, durante as falações.

No total a Plenária Estatutária da Fasubra tem a participação de 30 entidades e 128 delegados.

Redação: Carla Jurumenha – ASCOM FASUBRA Sindical

 

Um comentário para "Plenária da Fasubra começou com homenagem ao Dia Internacional da Mulher"

  1. otavino alves da silva setembro 26th, 2013 21:05 pm Responder

    Primeiro cumprimento ,a iniciativa da comemoração do dia Internacional da Mulher,tão importante
    como o Primeiro de Maio dia Internacional do Trabalho ( as vezes autores,jornalistas e escritores
    chamam dia do trabalhador) na verdade a denominação correta é dia Internacional do Trabalho
    pois foi até o presente foi a maior vitória do Trabalho contra o Capital,quando se conquistou a jornada
    de oito horas.
    A conquista demorou chegar entre nós porque a Águia de Haia que assinou a convenção da OIT,ao
    chegar ao Brasil argumentou que o Brasil havia recentemente libertado a escravidão precisava da
    dos assalariados trabalharem mais para produzir mais valia para a nascente burguesia rural e urbana.
    No desenvolver do evento demonstrou a preocupação com as lutas das mulheres e sobretudo da juventude.

Deixe seu comentário

Veja também