Início > Notícias > Por reajuste salarial – Rodoviários de Porto Alegre aguardam reunião com ATP para definir rumo dos protestos
Por reajuste salarial – Rodoviários de Porto Alegre aguardam reunião com ATP para definir rumo dos protestos

Fonte: Zero Hora Corredores de ônibus das avenidas Farrapos, João Pessoa e Protásio Alves foram bloqueados e congestionaram o trânsito no Centro Rodoviários de Porto Alegre aguardam reunião com ATP para definir rumo dos protestos Manifestantes ocuparam vias da Capital Foto: Ronaldo Bernardi Durou apenas duas horas, mas foi capaz de causar colapso no trânsito [...]

Fonte: Zero Hora

Corredores de ônibus das avenidas Farrapos, João Pessoa e Protásio Alves foram bloqueados e congestionaram o trânsito no Centro

Rodoviários de Porto Alegre aguardam reunião com ATP para definir rumo dos protestos

Manifestantes ocuparam vias da Capital Foto: Ronaldo Bernardi

Durou apenas duas horas, mas foi capaz de causar colapso no trânsito de Porto Alegre. Os trabalhadores rodoviários da Capital encerram por volta das 10h15min uma manifestação que bloqueou corredores de ônibus nas avenidas Farrapos, João Pessoa e Protásio Alves.

Além disso, os ônibus que circularam nas vias de Porto Alegre atingiram no máximo de 5 km/h. Não havia preocupação em cumprir a tabela de horários, de acordo o presidente do Sindicato dos Rodoviários em Transporte Coletivo de Passageiros Urbanos de Porto Alegre (Sindirodoviários), Júlio Gamaliel.

 A Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre (ATP) marcou para as 15h de sexta-feira uma nova reunião. Caso a proposta apresentada não agrade a categoria, há promessa de novas ações.

O sindicato patronal oferece um reajuste de 4% – menor que a inflação em 2011, de 6%. Os rodoviários pedem 22% de reposição e perdas salariais.

Aumento da tarifa

 Um novo valor das passagens também depende do acordo com os rodoviários. As empresas devem encaminhar, até o final do mês, o pedido de reajuste das tarifas de acordo com as despesas do período e o pedido de aumento dos trabalhadores. A previsão inicial é que a passagem subiria cerca de 10%, ficando em torno de R$ 3.

 De acordo com dados da EPTC, em torno de um milhão de pessoas utiliza o transporte coletivo de Porto Alegre.

6 comentários para "Por reajuste salarial – Rodoviários de Porto Alegre aguardam reunião com ATP para definir rumo dos protestos"

  1. Michelle fevereiro 19th, 2013 14:11 pm Responder

    Essa paralisação é uma falta de respeito com os trabalhadores, e as pessoas que dependem de onibus.
    Reclamam tanto por um salario, então que estudem e ganhem pelo que merecem. E não fiquem fazendo isso com os cidadão, que dependem disso para chegar a um hospital ou posto de saude. ou que necessitam chegar ao emprego ne hora para não receber uma advertencia.

    Quero ver o tumulto que que vai ser se houver paralisação no final da tarde de hoje, o povo esta revoltado. que vcs venham ter juizo para que não ocorra aqui o mesmo que esta acontecendo em Santa catarina;

    1. marcelo abril 3rd, 2013 02:09 am Responder

      Em resposta a dona Michelle… A maioria dos Rodoviários de Poa e grande Poa tem 2 grau completo, curso tecnico e faculdade em andamento! mandar a gente estudar que é uma falta de respeito!! O salário que o Rodoviário ganha é muito pouco pra aguentar pessoas do teu tipo todos os dias!!!
      A maioria dos rodoviários possuem seus proprios veículos e não dependem de onibus para ir ao trabalho como vc!!!
      Vá vc dona Michelle estudar para deixar de depender de transporte público para se locomover!!!!
      Se não esta satisfeita, faça sua luta… estamos abraçando a nossa!!!

      1. Johnny fevereiro 17th, 2014 17:54 pm Responder

        Sr. Marcelo: Vc foi um tanto indelicado em sua resposta com Michelle que teve o seu direito de “protestar ” assim como os rodoviários tem em fazer a greve!! Mas vejamos!

        “Pessoas do seu tipo” . Com esta tua resposta já mostra a sua educação no momento.

        “A maioria dos rodoviários possuem seus proprios veículos e não dependem de onibus para ir ao trabalho como vc!!!” Sinal que o salário deve estar uma maravilha, então, pq aumento de salário?? e ainda bem que vc não depende de onibus mesmo!!

        É uma pena que eu não possa fazer greve para melhorar o meu salário, por enquanto fico dependendo de onibus e aturar revoltados como vc !!

    2. ribas janeiro 23rd, 2014 21:12 pm Responder

      Então dona michelle parace q a sra. não estudou muito pelo visto, necessitando andar de ônibus, não somos
      ANÁLFABETOS, temos cursos técnicos, segundo grau completo, uns até com faculdade.
      Quero salientar q todo brasileiro tem o direito pela constituição nacional a um salário dígno, sendo assim para podermos aturar pessoas do seu nível, vá a sra. então arrumar um trabalho mais digno para q não venha ter q usar coletivo.
      TEMOS SIM DIREITO A UM SALÁRIO DIGNO….

  2. Mario janeiro 31st, 2014 09:48 am Responder

    Dona Michele me orgulho muito de já ter sido um rodoviário em Porto Alegre fui lavador e cobrador e hoje moro em Belo Horizonte e hoje sou Subgerente em uma empresa do seguimento varejista.Tem mais faço o curso superior tecnológico em mecatrônica indústrial e digo mais nessa categoria temos pessoas capacitadas.

  3. edilaine mundins janeiro 26th, 2016 08:17 am Responder

    temque manifestar sim. pelo o aumento de salário. pena que o meu sindicato não apoia a minha categoria. Vamos rodoviários para as ruas lutar pelo direito de um salário mais digno por tantas horas de trabalho. apoio vcs nesta luta.

Deixe seu comentário

Veja também