Início > Notícias > Principais presidenciáveis começam os movimentos para as eleições de 2014
Principais presidenciáveis começam os movimentos para as eleições de 2014

Com as últimas ações de Dilma, Aécio e Marina em direção à eleição presidencial do ano que vem, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, dá sinais de que entrará na disputa Brasília e Gravatá (PE) — A semana com cheiro de 2014 chega ao fim com o movimento sutil do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), [...]

Com as últimas ações de Dilma, Aécio e Marina em direção à eleição presidencial do ano que vem, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, dá sinais de que entrará na disputa

Brasília e Gravatá (PE) — A semana com cheiro de 2014 chega ao fim com o movimento sutil do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), para colocar os pés dentro do projeto de candidatura à Presidência da República. Após o lançamento da Rede Sustentabilidade, o novo partido de Marina Silva, do discurso do senador Aécio Neves contra o governo federal e da comemoração dos 10 anos do PT à frente do Planalto, que contou com a presença de Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff, Eduardo reuniu 184 prefeitos, ontem, em Pernambuco, e ofereceu um pacote de bondades.

Leia mais notícias em Política

Eduardo Campos aproveitou a insatisfação dos líderes municipais com a redução dos repasses federais para nacionalizar o discurso em torno da necessidade de um novo pacto federativo e, ao mesmo tempo, unificar o estado para marchar com ele no próximo ano. Apresentou-se didaticamente como o homem que estava fazendo o que o governo federal não faz por eles. Anunciou R$ 612 milhões em investimentos, entregou ambulâncias simbolicamente, ofertou poços artesianos, assinou ordens de serviço para implantação de barragens e criou o Fundo Estadual de Desenvolvimento Municipal (FEM).

Fonte: Correio Braziliense

Este post ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Veja também