Início > Notícias > Relato dos delegados(as) da ASSUFRGS – Comando Nacional de Greve da FASUBRA e proposta apresentada pelo governo
Relato dos delegados(as) da ASSUFRGS – Comando Nacional de Greve da FASUBRA e proposta apresentada pelo governo

A reunião com o MPOG estava agendada para ocorrer às 11h do dia 15, contudo, houve atraso e a reunião iniciou por voltas das 14h30min, tendo sido encerrada pelas 18h30min. Dirigimo-nos, então, a UnB, para que o comando fosse instalado e o relato da reunião fosse repassado. Chegando a UnB, recebemos a proposta impressa apresentada [...]

 Ilkens Souza

A reunião com o MPOG estava agendada para ocorrer às 11h do dia 15, contudo, houve atraso e a reunião iniciou por voltas das 14h30min, tendo sido encerrada pelas 18h30min.

Dirigimo-nos, então, a UnB, para que o comando fosse instalado e o relato da reunião fosse repassado. Chegando a UnB, recebemos a proposta impressa apresentada pelos representantes do governo no MPOG (exatamente a proposta preliminarmente apresentado ontem pelo MEC, tendo sido confirmado o step de 3,8% para 2015). Seguem os itens que fazem parte do teor do documento:

1) reajuste acumulado de 15,8%, a ser implementado em três etapas (5% em 2013; 5% em 2014; 5% em 2015);

2) Revisão do Anexo III do PCCTAE:

→ incluir no nível de classificação E, nível de capacitação IV: aperfeiçoamento ou curso de capacitação igual ou superior a 180 horas; (acréscimo da palavra “igual”)

→ considerar o somatório de cursos realizados no mesmo interstício (carga horária mínima de 20h para se somar), para fins de progressão, que possuam carga horária mínima igual a do nível I de cada classe;

3) Revisão do Anexo IV: (para janeiro de 2013)

→ Revisão do percentual de titulação (correlação direta: 10% – fundamental completo -, 15% – médio completo-, 20% – médio profissionalizante ou médio com curso técnico completo-, 25% – graduação completo-, 30% – especialização, superior ou igual a 360 horas-, 52% – mestrado – e 75% – doutorado; correlação indireta: -, -, 10, 15, 20, 35, 50);

→ Extensão do incentivo de todos os títulos (graduação, especialização, mestrado e doutorado) a todas as classes; (inclusive, segundo Paulo Henrique, aos aposentados que tinham titulação na época em que se aposentaram; não retroage)

4) Step

→ Revisão do step, aumentando o percentual dos atuais 3,6% para 3,7% em 2014 e 3,8% em 2015;

 Governo disse que, em relação ao percentual de 15%, parcelado em 3 vezes, não tem negociação.

Reajuste no piso em menos de três parcelas foi totalmente rechaçado pelo governo.

30h não tem acordo.
Negociação estaria em 2,9 bilhões.
Os reajustes no piso seriam em março.
FASUBRA-SINASEFE pediram tempo.

Foi falado do reposicionamento dos aposentados (não tem acordo no governo; ficará para uma agenda com prazo de 120 dias)

Democratização da Universidade (prazo de 180 dias)

Terceirização (assumiu o compromisso de ativar o GT Terceirização – prazo de 180 dias)

Racionalização (agenda com prazo de 180 dias)

Redimensionamento (agenda com prazo de 180 dias)

OBSERVAÇÃO: os prazos expressos anteriormente são prazos de “início-meio-fim” das discussões.

Foi enfatizada a necessidade de ampliar o índice. FASUBRA pediu 30% de reajuste pelo menos (reposição inflacionária).

Foi pedido aumento do incentivo da graduação e especialização (para 30 e 35%, respectivamente).

Sérgio afirmou: “então temos que conversar com o Ministro”.

Amanhã, às 19h, foi agendada nova reunião com o MPOG (pontos pendentes: aumento do índice de reajuste do piso; step (aumento); percentual do incentivo à qualificação para graduação e especialização – elevar o incentivo para 30% e 35%, respectivamente). Ressaltamos, portanto, que a resposta do governo a nossa contraproposta não é, ainda, definitiva, tendo em vista que há reunião amanhã. Observamos, ainda, que o CNG-FASUBRA não fez avaliação da resposta dada pelo governo no MPOG, pois aguardará o resultado da reunião de amanhã.

Será orientado às bases que permaneçam em estado de assembleia permanente!

A Negociação Continua! Boa Luta a tod@s!

 Calendário do CNG-FASUBRA do dia 16 de agosto:

 9h – reunião das Comissões

11h- reunião com Henrique Paim no MEC

À tarde – reunião dos coletivos

19h – reunião no MPOG (a ASSUFRGS foi sorteada para ir à reunião – reunidos os delegados da ASSUFRGS, ficou decidido que Rafael irá)

Após reunião no MPOG – CNG-FASUBRA será instalado

 

Delegados – Izaias, Joana, Maria de Lourdes, Rafael B. e Roselei

7 comentários para "Relato dos delegados(as) da ASSUFRGS – Comando Nacional de Greve da FASUBRA e proposta apresentada pelo governo"

  1. Cristiane agosto 16th, 2012 14:50 pm Responder

    Fiquei muito frustrada ao ver a proposta e contraproposta do governo na alteração do IQ até o nível de especialização. E o Mestrado e Doutorado??? É essa a visão de melhoria da qualidade do serviço público e da qualificação dos servidores? Por que foram exclúidos da negociação os servidores com elevado nível de qualificação??
    Deixo aqui expressa minha indignação! Estamos negociando por toda categoria ou por apenas alguns grupos???

  2. Carlos agosto 16th, 2012 18:27 pm Responder

    Uma vergonha com relaçãoo ao Nível Superior. Ridículo passar o percentual de Curso Superior de 10 para 25% e somente aumento de 3% para a Pós-graduação

  3. Luis Fernando agosto 17th, 2012 14:04 pm Responder

    Poderia ser melhor a proposta do governo Dilma, mais infelizmente assim não o foi.
    Mais fica a luta, a garra da nossa Assufrgs e de toda a categoria que participou desta greve.
    Sensação de que a batalha foi vitoriosa, e continua, porque nossa história sempre se fez através das lutas (greves) que muitas vezes foram de vitórias, as vezes nem tanto.
    Covardia, tenho certeza que esse rótulo não nos pertence.
    Valeu e até a próxima !!!

  4. Rafael Cecagno agosto 17th, 2012 20:55 pm Responder

    Cristiane e Carlos, a classe E terá aumento de 22,65% no Piso (P31) e de 26,99% no Teto (P49). Isso faz com que essa seja a classe que terá o maior aumento. E, suas posições tão firmes mereceriam uma identificação completa dos seus autores…
    Na minha opinião, esta greve foi VITORIOSA e o resultado econômico satisfatório.

  5. Jussara Barbieri agosto 18th, 2012 20:54 pm Responder

    Mais uma vez foi postergado o REPOSICIONAMENTO dos aposentados, nas propostas apresentadas ( para os próximos 120 dias). Até quando vamos assistir este desinteresse pelos funcionários que por tantos anos contribuiram com seu trabalho para a UFRGS?

  6. luis agosto 18th, 2012 23:01 pm Responder

    Parabéns e obrigado a todos aqueles que passaram mais de 2 meses no estresse da luta e não esmoreceram um só minuto! Aos colegas que entraram ontem para a UFRGS e já estão apostos para enfrentarem a luta árdua de uma greve; aos colegas que já estão há mais tempo na luta e ainda não desistiram; e aos colegas que mesmo aposentados não cansam de lutar por uma vida melhor para a categoria; e a todos aqueles que de uma forma ou de outra deram o seu apoio, MUITO OBRIGADO PESSOAL! PARABÉNS PARA TODOS, PORQUE TODOS GANHAMOS! E aos que hoje reclamam da proposta, fica um conselho: DA PRÓXIMA VEZ VENHA CONTRIBUIR, VENHA PASSAR NOITES DORMINDO NO CHÃO DO CPD, DA REITORIA. VENHA PARAR AS PONTES, VENHA PARA AS REUNIÕES INTERMINÁVEIS E ESTRESSANTES, VENHA SE CONTRAPOR COM REITOR E CHEFES, COLOQUE EM RISCO OS SEUS CARGOS DE CHEFIAS E AS SUAS BOLSAS $, PARE DE TRABALHAR E VENHA PARA A GREVE, SAIA DA SUA ZONA DE CONFORTO, ENFIM PARE DE OLHAR O UMBIGO E VENHA. GARANTO QUE SERÁ BEM RECEBIDO E QUE SABE FALTOU VOCÊ PARA AJUDAR A MELHORAR A PROPOSTA DO COMANDO E DA FASUBRA! eSPERAMOS VOCÊ NA PRÓXIMA, PORQUE A COISA CERTAMENTE NÃO ACABA AÍ!

  7. maria de fatima agosto 26th, 2012 15:20 pm Responder

    Meus parabéns, para todos nós, que de uma maneira ou de outra avançamos, nas negociações, e reafirmo o que alguns colegas acima ja citaram,e só lamento os que ficaram chateados com a base da fasubra que aceitaram essa ´proposta, mas a grande maioria da categoria contribui para que fosse aceita,e como vcs todos sabem nada chega ate nós se não sairmos pra rua, se não nos manifestarmos, Parabéns colegas que correram esse risco….

Deixe seu comentário

Veja também