Início > Notícias > Seminário reforça discussões sobre o Programa de Ações Afirmativas
Seminário reforça discussões sobre o Programa de Ações Afirmativas

O Comando Local de Greve promoveu, na manhã de hoje, dia 19, o mais uma rodada de discussão sobre o programa de Ações Afirmativas da UFRGS. A mesa foi composta pelas técnico-administrativas Joana de Oliveira, Luciane da Silva Conrade (da Comissão de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas da UFRGS), Michele Doebber e Patrícia Brito, [...]

O Comando Local de Greve promoveu, na manhã de hoje, dia 19, o mais uma rodada de discussão sobre o programa de Ações Afirmativas da UFRGS.

A mesa foi composta pelas técnico-administrativas Joana de Oliveira, Luciane da Silva Conrade (da Comissão de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas da UFRGS), Michele Doebber e Patrícia Brito, além dos professores Gregório Durlo Grisa e Juca Gil.

Os debates giraram em torno da desvinculação das cotas sociais e raciais, o que permitiria um acréscimo no número de negros cursando a universidade e a especificação de políticas de permanência, que garantam a possibilidade dos alunos cursarem com dignidade a faculdade.

Além disso, esteve em debate o formato do vestibular da UFRGS, a criação de uma política de permanência dos cotistas e a forma de isenção da taxa de inscrição no vestibular.

 

 

Um comentário para "Seminário reforça discussões sobre o Programa de Ações Afirmativas"

  1. Luciane da Silva Conrad julho 21st, 2012 01:43 am Responder

    Parabenizo e agradeço o Comando Local de Greve pela disponibilidade de parceria na realização do Seminário sobre Ações Afirmativas(mais especificamente sobre o Programa de Ações Afirmativas da UFRGS) realizado em duas edições: em 13/07/12(IGEO); em 19/07/12(FABICO). Esta parceria não é novidade pois outras ações já foram realizadas em anos anteriores demonstrando o compromisso da ASSUFRGS em contribuir com a efetividade desta política. A participação dos servidores em greve nesta atividade ilustra a urgência de ampliarmos e aprofundarmos as reflexões e debates sobre este tema que precisa ser apropriado por toda comunidade,necessidade que também pode ser reconhecida no lamentável adiamento da votação do Programa de Ações Afirmativas da UFRGS no CONSUN.Considerando que a defesa intransigente pela qualidade,eficiência e eficácia das políticas públicas está na pauta da nossa greve é imprenscindível intensificarmos mobilização até o próximo 03/08/12.

Deixe seu comentário

Veja também