Início > Notícias > Transformação da ASSUFRGS/Seção Sindical em ASSUFRGS Sindicato – 13 de abril de 2016, mais uma data histórica
Transformação da ASSUFRGS/Seção Sindical em ASSUFRGS Sindicato – 13 de abril de 2016, mais uma data histórica

Em setembro de 1990 a ASSUFRGS deu um largo passo em seu caráter de representação dos Servidores da UFRGS: transformou-se de Associação em Seção Sindical do SINTEST/RS, Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau no Estado do Rio Grande do Sul. De lá para cá, tivemos muitas lutas e muitas vitórias políticas e jurídicas mas, [...]

Em setembro de 1990 a ASSUFRGS deu um largo passo em seu caráter de representação dos Servidores da UFRGS: transformou-se de Associação em Seção Sindical do SINTEST/RS, Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau no Estado do Rio Grande do Sul.

De lá para cá, tivemos muitas lutas e muitas vitórias políticas e jurídicas mas, de certa forma, ficamos dependentes do SINTEST para poder representar a categoria. Por isso, em meados do ano de 2015, todas as forças políticas que atuavam naquele momento (Peleia, Tribo, CTB, CSD, Fórum Sindicalista e CIS) começaram o movimento de transformação da ASSUFRGS/Seção Sindical em ASSUFRGS-Sindicato, com o fim de tornar nossa Entidade autônoma em relação ao SINTESTRS, como já fizeram outras Seções Sindicais (APTAFURG e ASUFPEL) e sendo essa uma ação construída em consenso com a ASSUFSM.

Como vantagens deste processo, pode-se destacar uma maior independência sindical, política, financeira e contábil da ASSUFRGS, além de ampliar regionalmente a intervenção no movimento sindical. Ainda, com essa transformação, alcança-se uma legitimidade plena e autônoma na relação com os Ministérios do Trabalho e do Planejamento, bem como a possibilidade de socorro ao judiciário em demandas específicas da categoria local.

Por fim, destaca-se uma maior proximidade dos servidores com o sindicato através da eleição direta das coordenações e terminando uma relação burocrática, o que torna a própria atividade sindical mais efetiva.

Com a concretização da transformação, a categoria saiu fortalecida.

Este post ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Veja também